New England Patriots @ Dallas Cowboys

Marco Castro 12 de Outubro de 2015 Análise Jogos NFL, NFL Comentários Desligados
New England Patriots vs Dallas Cowboys

New England Patriots @ Dallas Cowboys

Patriots vs Cowboys

Patriots vs Cowboys

Um jogo que se resume em poucas palavras. Os Patriots defrontaram uns Cowboys muito limitados no ataque devido à chuva de lesões que assolou o seu roster, mas muito competentes a defender, tendo sido capazes de causar muitas dificuldades a Tom Brady e sobretudo à offensive line dos Pats. No primeiro período o melhor que ambas as equipas conseguiram foi um field goal cada, com as defesas a levarem claramente a melhor frente aos ataques. No segundo período as coisas não foram muito diferentes, excepção feita a um drive ofensivo dos Patriots feito com muito mais rapidez de execução no passe, (Edelman e Lewis em destaque), culminando num touchdown do próprio Tom Brady. Até ao intervalo, destaque ainda para um extraordinário field goal de 57 jardas (!!) de Gostkowski. Resultado parcial: 13-3. O terceiro período arrancou com o melhor drive da partida, onde Gronkowski levou tudo à sua frente em 2 recepções (uma para 33 jardas e outra para 18
jardas), culminando num lance sublime de Dion Lewis, com recepção a uma mão, finta de corpo para se esquivar a 2 defesas e touchdown. Agora sim, os Patriots fugiam no marcador, frente a uma equipa que se mostrava incapaz de atacar. Até ao fim da partida a coisa foi ficando morna, com os Pats a não forcarem muito no ataque, mas a mostrarem-se eficazes na defesa, que aliás, fez uma excelente exibição. As coisas só aqueceram já no 4º período, com um passe de Brady para Edelman, que correu 54 jardas a fugir a tudo quanto era Cowboy, fazendo um touchdown espectacular. Por fim, registo para mais um field goal de Gostkowski e para a inteira justiça da vitória dos Pats por 30-6.

Homem do Jogo

Dion Lewis: É a grande revelação da equipa, um híbrido entre running back e receiver, fulminante na corrida e escorregadio como um enguia. Ontem transportou a bola 6 vezes para um total de 34 jardas e ainda recebeu 8 passes (em 11 possíveis), para 59 jardas e 1 touchdown. Soube ser o abre-latas da equipa justamente quando esta mais precisou.

Pela Positiva

Tom Brady: Levou muita pancada, teve um fumble, mas nunca se escondeu. Soube fazer os ajustes necessários para superar a defesa dos Cowboys, tendo completado 20 dos 27 passes que fez.

Malcolm Butler: Saiu-se muito bem contra Terrance Williams, permitindo-lhe apenas uma recepção, para 17 jardas.

Jabaal Sheard: Tem sido muito consistente e ontem esteve muito bem a parar o jogo corrido, mas também a pressionar o quarterback, com 2 sacks.

Jamie Collins: Ficou sem o seu colega Hightower mas nem isso o limitou, com 10 tackles e mais um forced fumble (já vai no 3º jogo consecutivo a consegui-lo).

Julian Edelman: É uma máquina. Foi o alvo de Brady por 5 vezes, tendo recebido 4 bolas, para 120 jardas e 1 touchdown que ele próprio inventou.

Ryan Allen e Stephen Gostkowski:  Estiveram ambos soberbos nas suas funções, punts e conversão de field goals.

Pela Negativa

LeGarrette Blount: Talvez esta menção nem seja muito justa, visto que não é ele que chama as jogadas. Já provou que não é solução para ganhos de 1 jarda apenas e ontem, sempre que foi chamado a essa missão, falhou. No resto, este bem.

Offensive line: Tem sido muito falada a rotação que os Patriots têm feito nesta unidade, mas ontem, perante uma defesa bem dura, foram notórias as dificuldades em proteger Brady.

Nate Solder: Enquanto esteve em jogo, viu-se aflito para parar Greg Hardy, sendo várias vezes batido por este.

Scott Chandler: A sua chegada aos Pats trouxe grandes expectativas, mas tarda em afirmar-se. Ontem participou apenas em 10 snaps, tendo já sido ultrapassado por Michael Williams.

Lesões:  Os Patriots sofreram duas baixas de peso durante a partida, Dont’a Hightower (costelas) e Nate Solder (cotovelo). Esperemos que não seja nada de muito grave.

Pensamento do Dia

Apesar de não ter sido uma vitória espectacular, ficaram boas indicações, sobretudo a capacidade de se mudar o estilo de jogo para contornar uma defesa que estava a levar a melhor sobre o ataque dos Pats. Agora seguem-se os Colts, talvez o duelo mais aguardado pelos fãs, na ressaca do caso deflategate. Por aqui, não será alimentado nenhum sentimento de vingança. É apenas o jogo que se segue e por isso, o mais importante. Nada mais! Há que ignorar os sound bites (serão certamente muitos) e focar apenas na partida para vencer este rival.

PS1: o AT&T Stadium teve ontem mais de 93 mil espectadores e os Patriots estiveram muito bem representados, sendo notórios cânticos de Bra-dy, Bra-dy!

PS2: já depois da partida, a festa foi manchada no parque de estacionamento, com um adepto a ser baleado na cabeça, encontrando-se em estado grave.

Artigo publicado originalmente na página de Facebook Patriots Portugal

About The Author

Marco Castro

Cheguei ao Futebol Americano em 2006. Estava de férias em New Bedford, estado de Massachusetts, quando perguntei a um amigo meu aqui emigrado que me explicasse as regras deste jogo. Perguntei-lhe também qual a equipa dele e como nesta matéria estava a zeros, optei por seguir o seu conselho e dar mais atenção a uns tais de Patriots. No regresso a Portugal, consumei este namoro muito graças ao NASN (mais tarde ESPN America), o canal de desporto americano que existia na TV por cabo. Lembro-me de achar "cool" esses tais de Patriots, com os seus capacetes e calças prateadas e lembro-me igualmente de começar a investigar um pouco mais sobre um certo Tom Brady. Hoje em dia sou um Patriota fanático, (aliás, criei e faço a gestão da página de Facebook Patriots Portugal www.facebook.com/patriotsportugal), coleccionador de todo o tipo de merchandising desta equipa e acima de tudo, sofredor Domingo após Domingo, em frente à televisão, colado ao Gamepass (melhor invenção do homem, depois da roda). No trabalho e entre amigos, sou um pouco visto como "lá vem este com o futebol americano só porque foi aos Estados Unidos". Vivo bem com isso. Aliás, tento explicar-lhes "há mais táctica e estratégia neste jogo, do que nas outras modalidades todas juntas" e acrescento "é um jogo espectacularmente justo". Nada os demove a eles, mas também nada me demove a mim! Razão pela qual continuarei a alimentar esta minha paixão Patriota e o sonho de um dia, assistir a um jogo em pleno Gillette Stadium (já lá estive, mas o preço dos bilhetes adiou-me a sua concretização). Se num destes dias os Patriots vencerem o 5º SuperBowl, já sabem, podem encontrar-me a festejar (provavelmente sozinho, ou talvez não) em pleno Marquês de Pombal!

barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online