Fantasy Football: NFL 2016 Week 3 Preview

João Azevedo 26 de Setembro de 2016 Fantasy, Jogadores, NFL Comentários Desligados
NFL Fantasy

Hype Trains & Sinking Ships

Para além da review, também a preview da terceira semana chega atrasada, mas como disse anteriormente, esta semana tive muito pouco tempo disponível. Entretanto já se sabe o resultado do jogo entre Patriots e Texans, sendo que a equipa de New England não admitiu pontos nenhuns da equipa de Houston. Se tinham o LeGarrette Blount na vossa equipa, estão de parabéns.

Hype Trains

Quarterbacks

Esta semana os QB's que mais merecem atenção são Russell Wilson (apesar da sua performance no último jogo) e Philip Rivers. Jameis Winston apesar de uma miserável atuação na semana passada, defronta a defesa dos Rams e penso que se irá redimir. Até Tannehill merece uma olhadela, visto que defronta a defesa dos Browns.

Aaron Rodgers e Roethlisberger, são bons candidatos também, mas esses dois, são sempre bons candidatos.

No entanto, quem merece a maior atenção e o maior hype de todos é Matt Ryan! É atualmente o melhor QB de fantasy e o melhor de tudo é que podem encontrá-lo como free agents na maior parte das ligas. A juntar a isto, defronta a defesa dos Saints, certamente que fará mais de 17 pontos.

Running backs

Isaiah Crowell parece ser o líder do backfield de Cleveland

Isaiah Crowell parece ser o líder do backfield de Cleveland
Foto de: Ken Blaze – USA Today Sports

Se ainda não perceberam, Matt Forte é uma escolha mais que regular para todas as semanas, porque mesmo quando o running game não resulta, os Jets usam-no também enquanto extra receiver e seja de que maneira for, ele vai produzir bastante. Não diria que repete a produção da semana passada, mas não dúvido que ultrapasse os 15 pontos.

E se Forte obteve quase 29 pontos contra os Bills, não vejo uma razão para David Johnson não conseguir uma pontuação igualmente alta. DeAngelo Williams merece também que se aposte nele mais uma vez.

Frank Gore é outro nome que é capaz de ter passado despercebido para alguns de vocês, se o têm no banco, talvez seja uma boa opção usá-lo neste jogo contra os Chargers. Crowell é outro nome que já merece ser uma aposta regular, agora que parece que o backfield de Cleveland deixou de ser partilhado entre ele e Johnson, além disso, Coleman não joga esta semana, por isso o running game vai ser o aspeto central do ataque dos Browns.

Wide Receivers

Ok, esta semana é complicada para esta posição. Tenham cuidado com AJ Green que defronta os Broncos e já sabem que Sammy Watkins não vale a pena. Alshon Jeffery ainda não está saudável e por isso verifiquem outras opções, como Eddie Royal talvez. Amari Cooper e Doug Baldwin parecem-me opções seguras para esta semana. Antonio Brown, OBJ e Mike Evans talvez venham a ser os WR's mais pontuados este fim de semana. Tudo o resto, tenham cuidado…

Tight Ends, Kickers, D/ST’s

Delanie Walker é uma opção boa, mas ainda não se sabe se irá jogar contra os Raiders. Do lado adversário, Walford também não é uma má opção de todo. Mas Jimmy Graham, Gary Barnidge e Julius Thomas talvez sejam os tight ends que devem estar no vosso line-up para domingo. Gary Barnidge deverá ser  mais visado no passe pelos Browns agora que Coleman está de fora, é um must have para esta semana.

Steven Hauschka e Matt Bryant são as escolhas óbvias enquanto kickers para a Week 3.

A nível defensivo, vão ficar chocados com esta escolha, mas os Dolphins merecem o risco. Defrontam os Browns e como se isso por si só não fosse suficiente, defrontam uma equipa que não tem o seu WR principal, nem o QB com que começou a época, Cleveland vai precisar de um boost do seu run game e se os Dolphins o pararem, terão à vontade mais de 10 pontos esta semana.

Falando em parar o run game, se conseguirem parar o dos seus adversários, a defesa dos Cardinals e a defesa dos Bears também são boas opções para esta semana.

Sinking Ships

Austin Seferian-Jenkins, TE, Free Agent

Bem, eu enganei-me mesmo sobre ele, pensei que fosse assumir um papel importante em Tampa Bay, mas não foi o caso, depois de um fraco jogo na segunda semana, Seferian-Jenkins foi apanhado a conduzir alcoolizado e foi cortado do roster dos Bucs na sexta feira. Assim chega ao fim a sua história de fantasy.

Arian Foster, RB, Miami Dolphins

Não digo Foster que vá ser um mau RB esta época, simplesmente não vai ser aquilo que se esperava dele. Tem acumulado demasiadas lesões e se Ajayi conseguir ganhar destaque esta semana, o seu valor só vai sair prejudicado.

Zach Ertz, TE, Philadelphia Eagles

Aplica-se exatamente a mesma situação que a Arian Foster, Ertz está novamente lesionado e com Celek no lugar principal, o TE dos Eagles pode não voltar a ter grandes números para apresentar.

Doug Martin, RB, Tampa Bay Buccaneers

Martin vai estar de fora três semanas e Charles Sims está mais que à altura de assumir o papel de RB1, tendo mesmo a capacidade de apagar o nome de Doug Martin da corrida.

Kevin White, WR, Chicago Bears

Tal como eu disse, depois de um ano passado a recuperar de uma lesão, não sei como estavam à espera que White viesse a conseguir grandes números. Verdade seja dita, não vale um lugar de suplente no vosso roster.

John Brown, WR, Arizona Cardinals

Está na altura de abandonar este navio, John Brown parece não conseguir assumir-se como uma ameaça no passing game dos Cards, por isso, este é o momento para procurarem um candidato melhor para o seu lugar.

Golden Tate, WR, Detroit Lions

Tate perdeu o valor de fantasy para Marvin Jones

Tate perdeu o valor de fantasy para Marvin Jones
Foto de: Tim Fuller – Fox Sports

Quando toda a gente pensava que Tate seria o líder do núcleo de receivers de Detroit, eis que chega Marvin Jones, que merece muito mais a vossa atenção que Tate.

Duke Johnson, RB, Cleveland Browns

Eu não digo que Johnson seja claramente para largar, mas também não é para ser um starter na vossa equipa de certeza, nem como FLEX, sobretudo agora que Crowell parece ser o RB1 isolado em Cleveland.

Derrick Henry, RB, Tennessee Titans

A situação é semelhante à de Duke Johnson, ainda que Henry tenha bastante potencial, enquanto for RB2 atrás de DeMarco Murray, os seus números serão sempre condicionados pelo seu colega, sobretudo quando DeMarco tem feito excelentes jogos.

Kamar Aiken, WR, Baltimore Ravens

Acontece a Aiken o mesmo que acontece a Tate, neste caso, eu fui daqueles que achou que Aiken seria o senhor do WR core dos Ravens, mas percebo agora que Mike Wallace parece ser a melhor aposta nesse caso.

Devonta Freeman, RB, Atlanta Falcons

Aplica-se o mesmo caso de Johnson e Henry, com a diferença de que Freeman é o RB1 dos Falcons, no entanto, Tevin Coleman parece ter um upside muito maior, sobretudo na endzone e Freeman parece ter sido eliminado também do passing game em Atlanta, tenham cuidado com ele.

Lesões e outras complicações

AP está fora dos campos para o resto da época

AP está fora dos campos para o resto da época
Foto de: Brace Hemmelgarn – USA Today Sports

Já vos tinha falado de Jamaal Charles, Tyler Eifert, Gronkowski e Chris Ivory, mas para esta semana também Antonio Gates, Thomas Rawls e Tyler Lockett parecem estar em dúvida para jogar. Rashad Jennings, Willie Snead, Julio Jones, Jay Cutler, Alshon Jeffery, Andrew Luck, T.Y. Hilton, DeVante Parker, Brandon Marshall e Josh Doctson também são pontos de interrogação.

Arian Foster, Zach Ertz, Doug Martin, Donte Moncrief e Corey Coleman estão de fora esta semana, enquanto que Adrian Peterson e Danny Woodhead estão de fora para o resto da época. No caso de Peterson, os Vikings assinaram esta semana com Ronnie Hilman, mas o lugar de RB1 deverá ser atribuído a Jerick McKinnon, sendo que Asiata também poderá ser usado pontualmente.

About The Author

João Azevedo

Estou atualmente a licenciar-me em Ciência Política e Relações Internacionais, mas a minha paixão pelo futebol americano existe há imenso tempo. Este desporto aprisionou-me desde o primeiro segundo em que o vi e percebi que é sem dúvida o melhor desporto à face da terra! Gosto da vertente profissional e do college e sou um fã devoto dos New York Jets e dos Ohio State Buckeyes. Aquilo que mais quero, para além de ver os Jets ganharem um Super Bowl, é ajudar este desporto a crescer em Portugal e um dia, quem sabe, vir a ser treinador nesta modalidade. J-E- T-S! JETS! JETS! JETS!