LPFA 8 – Semana 4

André Amorim 30 de Novembro de 2016 Jogos LPFA, Portugal Comentários Desligados
15267743_804720863003563_3913899083172966123_n

LPFA 8 – Semana 4

Nesta quarta jornada da Liga Portuguesa de Futebol Americano a emoção esteve presente em todos os duelos. No sábado tivemos dois duelos no Algarve e no domingo o “Donuts Bowl” marcou a tarde de Futebol Americano em Portugal.

Reedição da Última Final

Os Lisboa Devils deslocaram-se até Faro para defrontar os Algarve Sharks com ambas as equipas a virem de cenários diferentes. Os Sharks ainda procuravam a primeira vitória do campeonato (após dois jogos) e os Devils vinham de uma vitória no seu primeiro jogo da temporada.

Ambas as defesas cedo demonstraram que estavam ali para mostrar serviço e não permitiram qualquer ponto no primeiro quarto da partida. Aliás, até ao intervalo apenas um touchdowns seria marcado com o passe de Joey Bradley para Collin Franklin.

Na segunda parte do encontro os Devils conseguiriam ampliar o resultado com Bernardo Solipa a receber um passe de Joey Bradley e a conseguir percorrer mais de metade do campo. Ambos os pontos extras até este momento tinham sido bem convertidos. No kickoff seguinte os Sharks relançavam-se no jogo com James Hudson a marcar touchdown. Nova resposta dos Devils e, novamente, com Bernardo Solipa a receber um passe de Joey Bradley. Desta feita o ponto extra não seria bem convertido.

15267743_804720863003563_3913899083172966123_n

Já no último quarto do encontro os Sharks demonstravam resiliência e vontade de alcançar um resultado positivo. Um passe de Josh Holloway encontraria James Hudson e novo touchdowns. O ponto extra seria bloqueado pelos Devils. Após drive ofensivo dos Devils que culminou num punt os Sharks tinham menos de 3 minutos para novo touchdown. Mas foi isso que fizeram com uma corrida de Josh Holloway já com menos de 15 segundos para se jogar. Obrigados a tentarem os dois pontos para conseguirem empatar o jogo a defesa dos Devils conseguiu impedir a conversão e segurou a vitória para a sua equipa. O resultado final foi de 20-18.

Uma Noite em Portimão

No duelo entre duas equipas separadas por 600kms os Braga Warriors visitaram os Algarve Pirates como uma das equipas ainda invictas (uma vitória e um empate) sendo que a equipa da casa ainda procurava a primeira vitória e os primeiros pontos da temporada.

Foi a defesa dos Warriors quem colocou os primeiros pontos do jogo com um fumble recuperado pelo linha defensivo João Bermudes. Dois pontos foram adicionados com uma corrida de Tiago Ranhada.

Num jogo em que dominaram nas três fases do jogo a grande figura ofensiva foi Ricardo Pereira que acabaria por adicionar três touchdowns para a sua equipa. O último touchdowns da equipa bracarense ficou entregue a Rafael Vilaça numa corrida pelo meio da linha ofensiva. O kicker dos bracarenses ainda colocou mais dois pontos no marcador nas conversões de ponto extra.

Já os Pirates conseguiram marcar o primeiro touchdowns do encontro com uma corrida do runningback Stanislav Gushekov já perto do final do encontro. O resultado final foi de 37-6.

Donuts Bowl

No domingo o duelo entre duas das equipas mais hitórias da LPFA teve lugar em Cascais. Os Crusaders recebiam os Lumberjacks, ambas as equipas patrocinadas pela Donuts Portugal.

O jogo começou de feição para a equipa da casa que marcaria no primeiro drive ofensivo com Juzz Tiny a ser novamente a figura de destaque. No entanto os Lumberjacks reagiriam de imediato e Cody Davis faria um passe para AJ Benson e tínhamos o jogo empatado a 6 pontos.

A defesa dos Lumberjacks conseguia nos drives seguintes segurar a ofensiva da equipa da casa e os pontos seguintes ficaram a cargo de Diogo Veiga, kicker dos Lumberjacks, que convertia um fieldgoal. Ainda antes do intervalo seria a vez de Vítor Carvalho numa corrida dilatar o marcador para os visitantes. Ao intervalo a equipa visitante vencia por 10 pontos.

Na segunda parte do encontro os visitantes continuavam assertivos do ponto de vista ofensivo e novo passe de Cody Davis para AJ Benson dava mais seis pontos para a equipa de Paredes. O ponto extra seria bem convertido. Num jogo que tinha a bancada cheia o mais entusiasmante estava reservado para o final.

15235574_1153448081443253_3154510445423313671_o

Foto: Alexandre Sousa

Já no último quarto Juzz Tiny soltava-se em campo e marcaria “back to back” touchdowns nos drives ofensivos da equipa da casa. Na conversão de dois pontos do segundo touchdown o quarterback Manuel Farano seria interceptado  e a equipa dos Lumberjacks adicionava dois pontos para a sua equipa. Nesta altura a diferença pontual era de sete pontos a favor dos visitantes.

Nesta altura os Lumberjacks geriam o relógio mas os Crusaders demonstravam-se determinados em virar o resultado e num passe de Manuel Farano para Duarte Cruz com ponto extra bem convertido deixava o resultado empatado com menos de 3 minutos para se jogar.

O ataque dos Lumberjacks conseguia levar a bola até perto da endzone da equipa da casa mas a defesa dos Crusaders aguentou a pressão e deu a bola de volta ao seu ataque. Numa sequência de jogadas de corrida e algumas faltas defensivas os Crusaders conseguiram avançar e o suspeito do costume, Juzz Tiny, marcaria o seu quarto touchdown do encontro e dava uma vitória muito importante para a sua equipa.  O resultado final foi de 31-25 num comeback incrível da equipa dos Crusaders.

Super Sábado de Futebol Americano

O próximo sábado, 3 de Dezembro, será um Super Sábado para o Futebol Americano na região de Lisboa com três duelos a acontecerem:

  • 3 Dezembro, 14:30 – Lisboa Navigators recebem os Black Knights no Campo das Laranjeiras
  • 3 Dezembro, 15:00 – Lisboa Devils recebem os Maia Renegades no Sport Lisboa e Olivais (Duelo entre equipas invictas 2-0-0)
  • 3 Dezembro, 15:30 – Cascais Crusaders recebem os Porto Mutts na Campo Malveira da Serra (Duelo entre equipas invictas 2-0-0)

About The Author

André Amorim

Desde pequeno que adoro desporto e tive a oportunidade de fazer alguns, individuais e colectivos. O Futebol Americano surgiu na minha vida era eu um adolescente e desde então que estou ligado ao mesmo e tive a oportunidade de acompanhar o seu crescimento pelo Mundo e em particular no nosso Portugal. Competi durante seis anos nos Lisboa Navigators, tive a oportunidade de realizar jogos internacionais em Espanha e de me sagrar por quatro vezes campeão nacional de Futebol Americano. Mas foi em 2013 que aceitei um desafio maior e me juntei a um novo projecto, os Lisboa Devils, para assumir as funções de Head Coach. Durante todo este percurso, sempre tive ligado à divulgação e comunicação do desporto e fundei o FA Portugal, uma "entidade" que tenta reunir todos os jogadores, seguidores e amantes do futebol americano em Portugal e, em particular, da Liga Portuguesa de Futebol Americano. Aquilo que mais gosto do Futebol Americano é a capacidade que tem de nos fazer mudar processos nas nossas vidas e nos fazer crescer, quer seja como atletas, quer seja como pessoas perante a vida. Na NFL sou um "Niner" e dos meus maiores sonhos é um dia ter a oportunidade de ir a San Francisco e ver um jogo dos meus 49ers, algo que já consegui fazer mas numa das suas incursões a Londres.