Off Season na Liga Portuguesa de Futebol Americano

André Amorim 9 de Setembro de 2016 Equipas LPFA, Jogos LPFA, Portugal Comentários Desligados
cover

Off Season na Liga Portuguesa de Futebol Americano

No passado mês de Junho a Associação Portuguesa de Futebol Americano trocou de liderança com Duarte Hipólito Carreira a assumir os destinos do Futebol Americano em Portugal. Entre outros projetos e organização de eventos internos, o principal foco da nova direção da APFA foi o de imediatamente estruturar e organizar a 8ª edição da Liga Portuguesa de Futebol Americano. Como tal, já em Novembro de 2016 iremos ter o arranque de mais uma edição da competição e onde, entre fusões e regressos, teremos 10 equipas a competir na prova deste ano.

Novidades

As equipas que regressam do ano passado são os Algarve Sharks, Lisboa Navigators, Lisboa Devils, Crusaders CFA, Paredes Lumberjacks, Porto Mutts, Braga Warriors e Black Knights. Já uma equipa que regressa depois de um ano de ausência, são os Algarve Pirates. Por fim, a maior novidade prende-se com a fusão que ocorreu entre os Porto Renegades e os Mais Mustangs que deram origem aos Maia Renegades.

Contratações

Num desporto que ainda está em crescimento e onde todas as equipas são auto sustentadas, falar em contratações parece algo exagerado, mas a realidade é que é isso que tem acontecido. Este Verão, algumas equipas nacionais já garantiram o regresso ou a contratação de atletas e treinadores que visam potencial o crescimento da sua equipa e aumentar as probabilidades de sucesso desportivo.

johnholloway

Os Algarve Sharks já assinaram com quatro atletas para a nova temporada. O primeiro deles foi John Holloway, atleta norte-americano que virá com função de jogador e treinador. O segundo foi o regresso de Augustine Ume-Ezeoke, atleta que o ano passado deu um grande upgrade defensivo aos Sharks no final da temporada. A terceira contratação foi a de Preston Bailey, outro atleta norte-americano que também já jogou em equipas pela Europa fora. A última contratação foi a de um atleta com descendência portuguesa, Edson Santos, que já jogou nos Estados Unidos.

Já os Lisboa Devils confirmaram dois atletas norte-americanos para a próxima temporada. Entre o regresso de Joey Bradley, que virá com função de jogador/treinador, os Devils confirmaram a chega de Alex Bartlett, atleta que teve a sua primeira experiência europeia na Liga Polaca de Futebol Americano. Adicionalmente, o atleta Vinicius Moreira juntou-se ao elenco dos Lisboa Devils depois da sua saída da equipa dos Lisboa Navigators.

alexbartlett

Mais a norte, os Maia Renegades, anunciaram a contratação do Head Coach Les Szeredi que chega da Hungria e onde teve a sua última experiência com os Eger Heroes. Para já não foram confirmados nenhuns atletas, sendo que a grande parte dos jogadores que jogavam nos Mustangs transitaram para os, agora, Maia Renegades.

Já os atletas que não transitaram para esta recente equipa, juntaram-se aos Porto Mutts onde irão agora jogar de verde e preto na próxima temporada da LPFA.

Por fim, os Black Knights apostaram num tipo de “mercado diferente”. Até ao momento com duas contratações confirmadas os Black Knights contam com Felipe Romano e Jalder Santos, atletas brasileiros que chegam vindos dos Rio Branco Cabritos, equipa brasileira.

blackknights

É importante ressalvar que cada equipa, segundo regras da IFAF (entidade que regular o Futebol Americano na Europa) apenas poderá contar com três atletas dos seguintes países: Estados Unidos, Canadá, México e Japão. Desta forma, cada equipa da Liga Portuguesa de Futebol Americano não poderá utilizar mais de três jogadores destas nacionalidades em dia de jogo. O espetáculo promete ser intenso e a temporada arranca já em Novembro de 2016.

About The Author

André Amorim

Desde pequeno que adoro desporto e tive a oportunidade de fazer alguns, individuais e colectivos. O Futebol Americano surgiu na minha vida era eu um adolescente e desde então que estou ligado ao mesmo e tive a oportunidade de acompanhar o seu crescimento pelo Mundo e em particular no nosso Portugal. Competi durante seis anos nos Lisboa Navigators, tive a oportunidade de realizar jogos internacionais em Espanha e de me sagrar por quatro vezes campeão nacional de Futebol Americano. Mas foi em 2013 que aceitei um desafio maior e me juntei a um novo projecto, os Lisboa Devils, para assumir as funções de Head Coach. Durante todo este percurso, sempre tive ligado à divulgação e comunicação do desporto e fundei o FA Portugal, uma "entidade" que tenta reunir todos os jogadores, seguidores e amantes do futebol americano em Portugal e, em particular, da Liga Portuguesa de Futebol Americano. Aquilo que mais gosto do Futebol Americano é a capacidade que tem de nos fazer mudar processos nas nossas vidas e nos fazer crescer, quer seja como atletas, quer seja como pessoas perante a vida. Na NFL sou um "Niner" e dos meus maiores sonhos é um dia ter a oportunidade de ir a San Francisco e ver um jogo dos meus 49ers, algo que já consegui fazer mas numa das suas incursões a Londres.