A História dos Carolina Panthers

João Malha 5 de Fevereiro de 2016 Equipas NFL, NFL Comentários Desligados
Carolina Panthers

A História dos Carolina Panthers

A franquia de North Carolina, sediada na cidade de Charlotte, é uma das mais recentes da NFL. Apenas em 1995 os Panthers começaram a jogar na Liga, depois de terem sido fundados em 1993. E entraram logo a matar pois ao segundo ano atingiram a final da NFC depois de uma época com o brilhante registo de 12v-4d. Acabariam por perder contra o vencedor do Super Bowl nesse ano, os Green Bay Packers.

Na sua história de cerca de 20 anos, os Panthers estiveram sete vezes no playoff e chegam pela segunda vez ao Super Bowl, depois da estreia em 2003, quando perderam contra os New England Patriots por 32-29.

A equipa joga no Bank of América Stadium, sendo uma das poucas equipas que é proprietária do estádio onde joga..

Títulos

Sem qualquer Super Bowl no palmarés, até porque esta é apenas a segunda vez que chegam ao mais desejado jogo da NFL, deve destacar-se o facto dos Panthers serem a primeira equipa a conseguir ganhar a NFC South por mais do que uma vez de seguida. O feito foi conseguido o ano passado, ao vencerem a divisão pelo segundo ano consecutivo, pecúlio melhorado este ano, com a terceira vitória seguida. Porém, isso, a juntar-se aos dois títulos de campeão da NFC são ainda pouco pois falta o tão desejado anel. Em São Francisco essa oportunidade volta a surgir, conseguir os Panthers assegurar o tão desejado título para colocar a equipa de Carolina no lote dos campeões da NFL?

Dominar os Dois Lados da Bola

Ninguém parecia levar os Carolina Panthers a sério depois de no ano passado terem ganho a NFC South com registo negativo. A equipa treinada por Ron Rivera era fortíssima na defesa mas o ataque não estava ao mesmo nível, primeiro porque Cam Newton era mal protegido, e segundo porque o próprio quarterback parecia sempre comprometedor no passe. Tudo mudou este ano, a defesa manteve-se de elite e o ataque superou as perspectivas mais otimistas que pudessem existir. A OL parece uma parede e isso permitiu a Super Cam atingir patamares de excelência ainda não vistos na sua curta carreira. Seja pelo chão, em corrida, qual running back, seja no passe, que agora parece estar ao nível dos melhores, Cam Newton tornou-se imparável e finalmente faz jus ao epíteto de Super Homem. Foi isso que foi ao longo de toda a época. E por isso deverá ser o MVP.

Os Panthers foram ganhando jogo a jogo, até serem a única equipa sem derrotas em 2015. Acabariam por perder um único jogo, em Atlanta, com os Falcons, à beira do final da regular season, quando a vitória divisional já não fugia e a liderança na NFC também parecia difícil de escapar. Mesmo assim muitos continuaram a duvidar. Mas os playoffs foram a melhor resposta. Em especial a final da NFC, onde cilindraram os Cardinals. E onde finalmente mostraram que sabem fechar um jogo, que era a principal critica, dado que os Panthers tiveram vários jogos com lideranças largas que por pouco não se esfumaram nos segundos finais.

A equipa parece claramente a favorita à vitória no Super Bowl 50, mas num jogo como estes, tudo é possível!

About The Author

João Malha

Profissional da área de comunicação e marketing, e sempre ligado ao desporto, sempre me fascinou o conceito de showbiz dos norte-americanos no que toca à promoção de qualquer espectáculo desportivo. Quando em 2003, a SportTv transmitiu pela primeira vez o Super Bowl, com estrondosa vitória dos Buccaneers de John Gruden sobre os Raiders, a curiosidade cresceu e ano após anos comecei a seguir as transmissões do maior evento desportivo mundial. Mas como em tudo na vida (pelo menos na minha forma de estar), é preciso um motivo mais forte para nos agarrarmos às coisas. Uma paixão que nos alimenta. E foi isso que aconteceu em 2010, aquando da final de Miami, ganha pelos Saints frente aos Colts do lendário Peyton Manning. Nesse dia senti finalmente que aquela era a minha equipa! E o aparecimento da ESPN America ajudou a não mais largar este desporto espectacular, que sigo semanalmente. Na Week 1 da temporada 2012/2013, cumpri o sonho de ir ver um jogo dos Saints ao vivo, ao Mercedes-Benz Superdome. Não vi os Saints vencerem, mas quem sabe se não terei a oportunidade de dizer que assisti ao primeiro jogo na NFL de um dos maiores QB’s da sua história, Robert Griffin III. Ver os Saints ao vivo foi uma experiência única que me faz olhar para o desporto com outros olhos. Quero saber mais e mais sobre o jogo, a sua história, lendas, regras, tácticas, etc. Let’s play ball!!!!

barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online