Jamie Collins nos Cleveland Browns

João Malha 31 de Outubro de 2016 NFL Comentários Desligados
hi-res-7ba1c92bdc3f1ce49148dd739751db98_crop_north

Uma grande surpresa a abrir a semana! O outside Linebacker dos New England Patriots foi trocado por uma escolha da terceira ronda do Draft 2017 dos Cleveland Browns, que irão receber Jamie Collins já no imediato.

Falamos em surpresa mas a pouca utilização de Collins na vitória de ontem frente aos Bills parecia indiciar que algo ia acontecer. A isso, junta-se o facto do LB estar no último ano do seu contrato de rookie adivinhando-se um chorudo contrato que Bill Belichick parecia pouco inclinado a oferecer a Collins.

Os Patriots fogem assim a ver o jogador tornar-se num free agent em 2017, garantindo uma escolha extra no draft 2017, apesar de saberem o valor que o defesa de 27 anos tem. Uma vez que os Browns dispõem de várias picks no draft 2017, a cedência desta pelo Linebacker dos Patriots foi um custo baixo a pagar.

Vamos ver se Collins mantém o nível numa equipa de tão fraca qualidade, a única só com derrotas em 2016, em oito jogos. Muitas vezes o problema de jogadores de grande valor nos Patriots é não o manterem noutros lados. A intervenção da equipa técnica liderada por Belichick é como um toque de Midas e não se encontra na maioria das equipas da NFL. Serão os Browns capazes de o utilizar e tirar o máximo do jogador?

Curiosidade ainda para ver se os Browns avançam já para um novo contrato ou se preferirão fazer uma espécie de teste nestas primeiras semanas para avaliar se vale a pena investir num contrato que se estima possa ser superior a 50 milhões de dólares.

About The Author

João Malha

Profissional da área de comunicação e marketing, e sempre ligado ao desporto, sempre me fascinou o conceito de showbiz dos norte-americanos no que toca à promoção de qualquer espectáculo desportivo. Quando em 2003, a SportTv transmitiu pela primeira vez o Super Bowl, com estrondosa vitória dos Buccaneers de John Gruden sobre os Raiders, a curiosidade cresceu e ano após anos comecei a seguir as transmissões do maior evento desportivo mundial. Mas como em tudo na vida (pelo menos na minha forma de estar), é preciso um motivo mais forte para nos agarrarmos às coisas. Uma paixão que nos alimenta. E foi isso que aconteceu em 2010, aquando da final de Miami, ganha pelos Saints frente aos Colts do lendário Peyton Manning. Nesse dia senti finalmente que aquela era a minha equipa! E o aparecimento da ESPN America ajudou a não mais largar este desporto espectacular, que sigo semanalmente. Na Week 1 da temporada 2012/2013, cumpri o sonho de ir ver um jogo dos Saints ao vivo, ao Mercedes-Benz Superdome. Não vi os Saints vencerem, mas quem sabe se não terei a oportunidade de dizer que assisti ao primeiro jogo na NFL de um dos maiores QB’s da sua história, Robert Griffin III. Ver os Saints ao vivo foi uma experiência única que me faz olhar para o desporto com outros olhos. Quero saber mais e mais sobre o jogo, a sua história, lendas, regras, tácticas, etc. Let’s play ball!!!!

barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online