Kickoff: Divisional Weekend

João Malha 15 de Janeiro de 2016 NFL Comentários Desligados
Green Bay Packers vs Arizona Cardinals

Kickoff: Divisional Weekend

Números e Curiosidades do Divisional Weekend

• Os Kansas City Chiefs são a primeira equipa da história da NFL a ganhar um jogo no playoff após um registo de 1v-5d no início da fase regular. Até hoje, apenas os Baltimore Colts tinham conseguido chegar ao Playoff com semelhante registo (o pior de sempre de uma equipa que atingiu o postseason) mas perderam logo à primeira.

• Aaron Rodgers volta a Arizona depois de há poucas semanas ter sofrido lá a pior derrota da sua carreira, 38-8, onde sofreu 8 sacks!

• Os Arizona Cardinals têm um registo de 4v-0d em toda a sua história no playoff em casa. Será que irão conseguir manter a invencibilidade?

• Russell Wilson e Cam Newton conseguiram um combinado de 49 passes para TD nos últimos sete jogos da regular season. Agora irão defrontar-se e apenas um seguirá em frente. A estatística recente é favorável aos Seahawks pois ganharam 4 dos 5 confrontos. Curiosamente a única derrota foi precisamente este ano na regular season, em Seattle. Certo é que quatro dos cinco embates foram decididos por 5 pontos ou menos.

• Se Antonio Brown jogar domingo (está a recuperar de concussão) poderá bater recordes. Brown está a apenas sete receções das 150 numa época (incluindo os playoffs) e a 47 jardas das 2.000 em receção. Nunca nenhum atleta conseguiu estes dados combinados numa época.

Kansas City Chiefs @ New England Patriots

Os campeões entram em competição nos playoffs com um osso muito duro de roer pela frente. Os Kansas City Chiefs levam 11 vitórias seguidas e vão procurar no frio de New England a 12ª. A sua forte defesa e um ataque que não brilha mas não compromete, à imagem do seu QB Alex Smith, reúnem condições para travar os Pats que tiveram um final de época muito periclitante, repleto de baixas e incertezas. Brady, Gronk e Edelman parecem estar aptos e isso é trunfo de relevo.

Se os Chiefs pararem Brady e companhia, dificilmente não ganharão. Essa será a chave do jogo. Da última vez que se defrontaram, na fase regular da época passada, os Chiefs aniquilaram os Pats por 41-14. Sem dúvida um dos jogos com desfecho mais imprevisível deste fim-de-semana.

Green Bay Packers @ Arizona Cardinals

De todos os jogos deste fim-de-semana, este prevê-se ser o mais desequilibrado. Em primeiro lugar pelo confronto de há poucas semanas, onde os Packers foram vergados a humilhante derrota. Depois, porque os Cardinals são um dos favoritos e os Packers a equipa que parece em pior momento das oito ainda em prova.

Os momentos de ambas as equipas são distintos. Os Cardinals dominam dos dois lados da bola, com uma defesa fortíssima e um dos melhores ataques da prova. Já os Packers, valem-se de Rodgers, que esteve brilhante na vitória em Washington, mas contra uma equipa que era talvez a mais acessível das que passaram ao playoff. Como se costuma dizer, agora tocará outra música e os cheeseheads deverão passar um mau bocado. Porém, é preciso ressalvar que já vimos o filme da equipa que sofre derrota copiosa na fase regular e depois no mesmo palco e perante o mesmo adversário surpreende. Será que poderemos ter um remake em Arizona?

Seattle Seahawks @ Carolina Panthers

São duas das melhores defesas da NFL. Curiosamente, há um ano, eram dos ataques com mais dificuldades no passe. Hoje são dos melhores. Se olharmos para as últimas semanas da regular season, são mesmo os melhores. Panthers e Seahawks conhecessem-se muito bem pois têm-se enfrentado várias vezes nos últimos anos. Nesses cinco confrontos, Cam Newton só conseguiu levar a melhor na fase regular desta época. Curiosamente, a maioria dos jogos terminou com vantagens de cinco pontos ou menos.

Dito isto, este poderá ser o mais excitante confronto deste fim-de-semana. E quem ganhar deverá ser visto como o principal candidato ao Super Bowl da NFC, apesar dos Cardinals também reunirem condições para ambicionarem igual meta. Será empolgante ver como Newton e Wilson, atualmente dos melhores passadores, irão enfrentar as melhores secundárias. Quem levará a melhor? Os defesas ou os QB?

Pittsburgh Steelers @ Denver Broncos

Há umas semanas defrontaram-se num empolgante jogo que os Steelers venceram. Porém, a realidade é muito diferente devido às lesões. Peyton Manning está de volta, enquanto nos Steelers não se sabe se Ben Rothlisberger e Antonio Brown estarão aptos. Certo é que DeAngelo Williams não estará.

Tendo em conta esta dura realidade dos Steelers, os Broncos surgem como claros favoritos. Caso os jogadores em dúvida recuperem e estejam no seu melhor, tudo ficará em aberto, caso contrário, parece difícil que os Steelers consigam superar a fortíssima defesa dos Broncos.

Já os Broncos, apesar de não convencerem especialmente no ataque, nem com Manning, têm qualidade suficiente para levar a melhor e atingir a final de divisão. A sua defesa é quase intransponível (excepto com os Steelers que foram os únicos a conseguir mais de 30 pontos num jogo contra os Broncos) e os trunfos atacantes são muitos. Será mais um grande jogo para conhecer o último finalista de conferência da época 2015.

About The Author

João Malha

Profissional da área de comunicação e marketing, e sempre ligado ao desporto, sempre me fascinou o conceito de showbiz dos norte-americanos no que toca à promoção de qualquer espectáculo desportivo. Quando em 2003, a SportTv transmitiu pela primeira vez o Super Bowl, com estrondosa vitória dos Buccaneers de John Gruden sobre os Raiders, a curiosidade cresceu e ano após anos comecei a seguir as transmissões do maior evento desportivo mundial. Mas como em tudo na vida (pelo menos na minha forma de estar), é preciso um motivo mais forte para nos agarrarmos às coisas. Uma paixão que nos alimenta. E foi isso que aconteceu em 2010, aquando da final de Miami, ganha pelos Saints frente aos Colts do lendário Peyton Manning. Nesse dia senti finalmente que aquela era a minha equipa! E o aparecimento da ESPN America ajudou a não mais largar este desporto espectacular, que sigo semanalmente. Na Week 1 da temporada 2012/2013, cumpri o sonho de ir ver um jogo dos Saints ao vivo, ao Mercedes-Benz Superdome. Não vi os Saints vencerem, mas quem sabe se não terei a oportunidade de dizer que assisti ao primeiro jogo na NFL de um dos maiores QB’s da sua história, Robert Griffin III. Ver os Saints ao vivo foi uma experiência única que me faz olhar para o desporto com outros olhos. Quero saber mais e mais sobre o jogo, a sua história, lendas, regras, tácticas, etc. Let’s play ball!!!!

barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online