Lesões: NFL 2015 Week 14

João Malha 15 de Dezembro de 2015 NFL Comentários Desligados
Andy-Dalton-Cincinnati-Bengals

Lesões: NFL 2015 Week 14

A regular season está a chegar ao fim. As lesões nem por isso. E esta semana foi pródiga em lesões. Torna-se difícil destacar apenas algumas dado o elevado número delas.

A principal é sem dúvida a do QB Andy Dalton, dos Cincinnati Bengals, que fraturou um polegar. Está afastado o risco de operação mas o tempo de inatividade é desconhecido, estando em dúvida se recupera a tempo do playoff. Ao menos assim fica garantido que não perde ao primeiro jogo do playoff como tem acontecido todos os anos desde que chegou à NFL.

Outra das mais relevantes lesões foi a do RB Thomas Rawls, dos Seattle Seahawks, esse sim de fora para o resto da época, ao fraturar o tornozelo. Depois de perderem Marshawn Lynch, cujo regresso à competição ainda não tem data, os vice-campeões ficam amputados do seu backup que tão boa conta do recado tem dado. Agora terá de ser Russell Wilson a levar a equipa às costas no passe e que bem tem estado nesse capítulo nas últimas semanas!

Houve muitas outras lesões cuja gravidade ainda não é conhecida em jogadores-chave, como Kam Chancellor, também dos Seahawks, Brian Hoyer dos Houston Texans, Matt Hasselbeck dos Indianapolis Colts, Jonathan Stewart e Greg Olsen dos Carolina Panthers, Vincent Jackson dos Tampa Bay Buccanneers ou LeGarrette Blount e Devin McCourty dos New England Patriots.

A listagem principal das lesões pode ser consultada aqui: http://www.nfl.com/news/story/0ap3000000599742/article/injuries-hoyer-leaves-early-rawls-out-for-season

 

About The Author

João Malha

Profissional da área de comunicação e marketing, e sempre ligado ao desporto, sempre me fascinou o conceito de showbiz dos norte-americanos no que toca à promoção de qualquer espectáculo desportivo. Quando em 2003, a SportTv transmitiu pela primeira vez o Super Bowl, com estrondosa vitória dos Buccaneers de John Gruden sobre os Raiders, a curiosidade cresceu e ano após anos comecei a seguir as transmissões do maior evento desportivo mundial. Mas como em tudo na vida (pelo menos na minha forma de estar), é preciso um motivo mais forte para nos agarrarmos às coisas. Uma paixão que nos alimenta. E foi isso que aconteceu em 2010, aquando da final de Miami, ganha pelos Saints frente aos Colts do lendário Peyton Manning. Nesse dia senti finalmente que aquela era a minha equipa! E o aparecimento da ESPN America ajudou a não mais largar este desporto espectacular, que sigo semanalmente. Na Week 1 da temporada 2012/2013, cumpri o sonho de ir ver um jogo dos Saints ao vivo, ao Mercedes-Benz Superdome. Não vi os Saints vencerem, mas quem sabe se não terei a oportunidade de dizer que assisti ao primeiro jogo na NFL de um dos maiores QB’s da sua história, Robert Griffin III. Ver os Saints ao vivo foi uma experiência única que me faz olhar para o desporto com outros olhos. Quero saber mais e mais sobre o jogo, a sua história, lendas, regras, tácticas, etc. Let’s play ball!!!!

barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online