Lesões: NFL 2015 Week 6

João Malha 19 de Outubro de 2015 NFL Comentários Desligados
Michael Vick

Lesões: NFL 2015 Week 6

Denver Broncos: Shane Ray, LB

O rookie pass rusher sofreu lesão no joelho que o deverá afastar entre 4 a 6 semanas.

Pittsburgh Steelers: Michael Vick, QB e Kelvin Beachum, LT

Michael Vick sofreu lesão muscular que levou o 3º QB da equipa a ser utilizado e Landry Jones esteve à altura conduzindo a equipa à vitória. Também o LT Kelvin Beachum sofreu uma lesão, esta teoricamente mais grave, num joelho.

Buffalo Bills: Sammy Watkins, WR e Seantrel Henderson, OT

Regressado de lesão, Watkins voltou à enfermaria depois de ter sofrido lesão no tornozelo. A mesma sorte teve o OT com uma pancada na cabeça

San Diego Chargers: Keenan Allen, WR

Keenan Allen sofreu na anca e falhou boa parte do jogo desde domingo em que os Chargers saíram derrotados de Green Bay.

Washington Redskins: Chris Thompson, RB

O backup que foi chamado ao jogo devido à impossibilidade do RB #2 da hierarquia dos Redskins, Matt Jones, não teve muita sorte ao sofrer uma lesão nas costas que deixou Thompson fora do jogo.

Arizona Cardinals: Darren Fells, TE

Fells sofreu uma lesão no ombro esquerdo que o deixou fora da partida de Pittsburgh.

Indianapolis Colts: Mike Adams, S

Mike Adams sofreu lesão muscular e ficou de fora da partida frente aos Pats. Curiosamente, depois de ter saído, Gronk conseguiu as suas duas primeiras receções da partida.

About The Author

João Malha

Profissional da área de comunicação e marketing, e sempre ligado ao desporto, sempre me fascinou o conceito de showbiz dos norte-americanos no que toca à promoção de qualquer espectáculo desportivo. Quando em 2003, a SportTv transmitiu pela primeira vez o Super Bowl, com estrondosa vitória dos Buccaneers de John Gruden sobre os Raiders, a curiosidade cresceu e ano após anos comecei a seguir as transmissões do maior evento desportivo mundial. Mas como em tudo na vida (pelo menos na minha forma de estar), é preciso um motivo mais forte para nos agarrarmos às coisas. Uma paixão que nos alimenta. E foi isso que aconteceu em 2010, aquando da final de Miami, ganha pelos Saints frente aos Colts do lendário Peyton Manning. Nesse dia senti finalmente que aquela era a minha equipa! E o aparecimento da ESPN America ajudou a não mais largar este desporto espectacular, que sigo semanalmente. Na Week 1 da temporada 2012/2013, cumpri o sonho de ir ver um jogo dos Saints ao vivo, ao Mercedes-Benz Superdome. Não vi os Saints vencerem, mas quem sabe se não terei a oportunidade de dizer que assisti ao primeiro jogo na NFL de um dos maiores QB’s da sua história, Robert Griffin III. Ver os Saints ao vivo foi uma experiência única que me faz olhar para o desporto com outros olhos. Quero saber mais e mais sobre o jogo, a sua história, lendas, regras, tácticas, etc. Let’s play ball!!!!

barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online