Lesões: NFL 2015 Week 9

João Malha 9 de Novembro de 2015 NFL Comentários Desligados
Ben Rothlisberger

Lesões: NFL 2015 Week 9

Não há semana sem lesões na NFL. É a realidade do jogo, infelizmente. Esta semana não foi tão negra como a anterior, mas não deixou de registar baixas relevantes.

A começar por Ben Rothlisberger. O QB dos Pittsburgh Steelers regressado há pouco tempo de lesão, voltou a cair, com uma mazela num pé, que o irá afastar dos relvados por algumas semanas o que pode ser fatal para as aspirações da franquia de chegar aos playoffs.

Outro QB que sofreu uma lesão este domingo foi Terry Bridgewater, dos Minnesota Vikings, com uma forte concussão que o afastou da parte final do encontro, o que não impediu a sua equipa de chegar à vitória no overtime. Agora irá seguir o protocolo de concussões o que poderá deixá-lo de fora por uma ou duas semanas consoante a gravidade da mesma.

Também dois importantes RB sofreram lesões, Dion Lewis dos New England Patriots, no joelho e LeSean McCoy dos Buffalo Bills, no ombro. Não se adivinha serem situações de gravidade. Também Eddie Lacy dos Green Bay Packers e Latavius Murray dos Oakland Raiders, ambos RB, saíram nas derrotas das suas equipas.

Por fim, no lado defensivo, destaque para a baixa de DeMarcus Ware, com uma lesão nas costas que o afastou durante a primeira derrota dos seus Denver Broncos esta época.

Mas muitas mais lesões houve. A listagem pode ser consultada aqui: http://www.nfl.com/news/story/0ap3000000575079/article/injuries-mccoy-hurts-shoulder-lacy-injures-groin

About The Author

João Malha

Profissional da área de comunicação e marketing, e sempre ligado ao desporto, sempre me fascinou o conceito de showbiz dos norte-americanos no que toca à promoção de qualquer espectáculo desportivo. Quando em 2003, a SportTv transmitiu pela primeira vez o Super Bowl, com estrondosa vitória dos Buccaneers de John Gruden sobre os Raiders, a curiosidade cresceu e ano após anos comecei a seguir as transmissões do maior evento desportivo mundial. Mas como em tudo na vida (pelo menos na minha forma de estar), é preciso um motivo mais forte para nos agarrarmos às coisas. Uma paixão que nos alimenta. E foi isso que aconteceu em 2010, aquando da final de Miami, ganha pelos Saints frente aos Colts do lendário Peyton Manning. Nesse dia senti finalmente que aquela era a minha equipa! E o aparecimento da ESPN America ajudou a não mais largar este desporto espectacular, que sigo semanalmente. Na Week 1 da temporada 2012/2013, cumpri o sonho de ir ver um jogo dos Saints ao vivo, ao Mercedes-Benz Superdome. Não vi os Saints vencerem, mas quem sabe se não terei a oportunidade de dizer que assisti ao primeiro jogo na NFL de um dos maiores QB’s da sua história, Robert Griffin III. Ver os Saints ao vivo foi uma experiência única que me faz olhar para o desporto com outros olhos. Quero saber mais e mais sobre o jogo, a sua história, lendas, regras, tácticas, etc. Let’s play ball!!!!

barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online