NFL Franchise Tag

Hugo Teles 3 de Março de 2015 Outros, Playbook Comentários Desligados
Franchise Tag

NFL Franchise Tag

A cada início de uma nova temporada, todas as equipas da NFL tem o direito de escolher um jogador e apenas um jogador que está prestes a tornar-se um free agent, para receber a franchise tag, que consiste em um contrato com duração de 1 ano e que possui certas particularidades em relação a um contrato normal.

Há dois tipos de franchise tag: a de direitos exclusivos (exclusive rights) e a de direitos não-exclusivos (non-exclusive rights).

Franchise Tag de Direitos Exclusivos

A franchise tag de direitos exclusivos consiste num contrato de um ano no qual o jogador receberá, de forma garantida, um salário maior ou igual que a média dos 5 maiores salários de jogadores que actuam na mesma posição (considerando o salário no mês de abril do ano em que a franchise tag é assinada) ou 120% do salário desse jogador no ano anterior. É considerado o que for maior entre estes dois valores. Neste caso, o jogador não poderá negociar com outras equipes e a franquia detêm todos os direitos de negociação.

Franchise Tag de Direitos Não-Exclusivos

Por sua vez, a franchise tag de direitos não-exclusivos consiste num contrato de um ano, no qual o jogador receberá, de forma garantida, um salário maior ou igual que a média dos 5 maiores salários de jogadores que actuam na mesma posição (considerando o salário no ano anterior em que a franchise tag é assinada) ou 120% do salário desse jogador no ano anterior. O válido é o que for menor entre estes dois valores. Neste caso, o jogador pode negociar com outras equipas e a franquia original tem duas opções: ou iguala a oferta de outra franquia e mantém o atleta ou recebe duas escolhas de primeira ronda do Draft como compensação pela saída do jogador.

Em ambos os casos citados acima, o valor da franchise tag conta com o total dos salários pagos aos jogadores na temporada que está para começar, de forma que deve se adequar ao Cap Space de cada equipa .

A franchise tag geralmente é aplicada a jogadores importantes e que está prestes a tornar-se um free agent.

About The Author

Hugo Teles

Portuense, 33 anos, sempre gostei bastante dos desportos dos States, nos anos 90 com a NBA e agora mais recente acompanho NHL, MLB e continuo a acompanhar a NBA, mas o desporto mais entusiasmante sem duvida é o futebol Americano, não só NFL mas também o College e algo que nos proporciona espectáculos, fim-de-semana a fim-de-semana fantásticos: É um desporto que nos prega colados a Tv, Computador, Tablet ou qualquer equipamento que no qual estejamos a ver. Desligamos de tudo o resto, naquelas horas tudo o resto é superficial. É fascinante desde o primeiro minuto até ao último e de uma intensidade brutal sempre ou quase sempre dentro dos limites. Sou fã dos Packers, pela tradição que esta equipa tem, por não ser uma equipa das "Grandes Superfícies" e viver praticamente para a sua população em geral, não com o conceito lucrativo que este desporto envolve. E já agora é uma honra poder trabalhar e colaborar convosco sobre este desporto fantástico e Hollyoodesco.