NFL Salary Cap

André Novais de Paula 18 de Março de 2014 Outros, Playbook Comments
Salary Cap

NFL Salary Cap

Muitas vezes é referido o Salary Cap nas discussões sobre quais os jogadores que podem ou devem ser contratados por uma determinada equipa. Essas referências são mais normais durante a offseason e especialmente durante a Free Agency.

O Que é o Salary Cap?

O Salary Cap é um acordo que determina o tecto salarial total que uma equipa pode gastar com os salários dos seus jogadores. O Salary Cap é um ponto de discórdia constante entre a Associação de Jogadores e a NFL. Após as negociações entre a NFLPA e a NFL o Salary Cap para o ano de 2014 ficou em $133 milhões, um aumento de $10 milhões em relação a 2013. No entanto o valor na realidade nunca é exactamente certo visto que poderá existir a transição de valor não utilizado nos anos anteriores. Além disso outros benefícios não entram para a contabilidade do Salary Cap, tais como: seguros de saúde, pensões, prémios de prestação conjunta, etc.

Vantagens

A grande vantagem é que desta forma se consegue um equilíbrio entre as equipas, já que independentemente das suas possibilidades económicas, todas estão limitadas a um tecto máximo de salários, com o qual têm de conseguir contratar todos os jogadores do roster. Assim é possível manter equilíbrio e paridade entre as equipas e impedir que as equipas com mais poder económico ganhem uma grande vantagem sobre as equipas com menor poder económico.

A outra vantagem vai para os owners das equipas que são claramente beneficiados já que sabem sempre com o que podem contar todos os anos a nível salarial. Desta forma mesmo que um jogador esteja com muito sucesso e óptimos resultados é possível controlar o seu salário, já que este não pode ser muito inflacionado ou então iria fazer com que o Salary Cap fosse ultrapassado.

Desvantagens

A principal desvantagem é para os jogadores que não conseguem negociar melhores condições para os seus contratos porque existe o Salary Cap. Desta forma, há sempre algum atrito a respeito deste assunto entre a Associação de Jogadores da NFL e as equipas. Um destes exemplos é o lockout de 2011 no qual as equipas impediram os jogadores de terem acesso aos estádios, equipamentos e pessoal enquanto decorriam as negociações. Uma das principais reivindicações dos jogadores era o aumento do Salary Cap.

Estratégia

Há muita estratégia envolvida na utilização do Salary Cap. Como existem recursos limitados as equipas precisam de conseguir distribuir o dinheiro do Salary Cap por todos os jogadores do Roster. Digamos que não é uma tarefa fácil. Se contratarem um jogador estrela que venha a absorver a maioria do dinheiro, então não terão dinheiro suficiente para conseguirem contratar os restantes jogadores com os níveis de competência desejados. Desta forma é normal que as equipas libertem alguns jogadores veteranos mais bem pagos durante a Free Agency para libertar Cap Room e não devido à sua prestação na época anterior. A renovação das equipas por novos jogadores é uma consequência positiva do Salary Cap. De outra forma seria natural que as equipas tentassem manter o maior tempo possível os seus jogadores veteranos, pelo que seria mais difícil que novos jogadores ainda com provas para dar, conseguissem ter a hipótese de jogar tão cedo.

About The Author

André Novais de Paula

Sempre gostei de desporto e sempre senti uma grande curiosidade em relação a desportos Americanos, mas infelizmente o contacto com essa realidade era escasso e intermitente. Cheguei mesmo a jogar InLine Hockey (semelhante ao Ice Hockey, mas com patins em linha) durante vários anos nos Sharks de Oeiras, mas mesmo seguir a NHL era complicado. Tudo mudou quando a televisão por cabo começou a transmitir canais com estes desportos. O Futebol Americano foi Amor à primeira vista. Para que eu ficasse completamente viciado bastou ver o primeiro jogo. Depois disso já não havia volta atrás. O passo seguinte foi começar a descobrir cada vez mais sobre este incrível desporto. Rapidamente constatei que não havia muita informação em Português e juntamente com o Paulo Silva Curto abri uma página no Facebook para juntar outros fãs de Futebol Americano. Não sonhávamos na altura que este pequeno projecto iria crescer desta forma e que um dia iríamos ter um Blog dedicado somente a este desporto que nos tem dado tantas alegrias e horas bem passadas. Aproveito para confessar que sou fã dos Green Bay Packers. Go Packers!