Panthers @ Redskins: Festa Com Sabor Amargo

José Guia 9 de Novembro de 2012 Análise Jogos NFL Comments

Carolina Panthers at Washington Redskins

1 2 3 4 F
Carolina Panthers 7 7 0 7 21
Whashington Redskins 3 0 3 7 13

Festa Com Sabor Amargo

Os Washington Redskins aproveitaram a jornada em que iam receber uma das equipas com pior registo na liga para fazerem uma festa de homecoming, neste caso em homenagem às antigas estrelas da equipa, tendo-se até apresentado com o equipamento utilizado pela equipa no ano de 1939, no entanto os Carolina Panthers não estiveram pelos ajustes e levaram de vencida os Redskins deixando-os com poucos motivos para festejar.

A defesa dos Panthers pressiona RGIII

A defesa dos Panthers pressiona RGIII

O Jogo

Num jogo onde se defrontaram os dois últimos vencedores do troféu Heysman foi o quarterback Cam Newton (13/23,201,1,0) dos Carolina Panthers quem levou a melhor. Apesar de estatisticamente terem ficado equilibrados talvez o ano de avanço que Cam Newton leva na liga em relação ao quarterback Robert Griffin III (23/39,215,0,0) dos Washington Redskins tenha feito diferença para o resultado final.

1º Período

Os primeiros pontos no marcador foram conseguidos pelos Washington Redskins num típico drive do ataque liderado pelo quarterback Robert Griffin III, misturando jogadas em corrida (muitas delas com ele próprio a correr) com algumas jogadas em passe, conseguiram concretizar um field goal de 47 jardas pelo kicker Kai Forbath.

Quando faltavam 25 segundos para terminar o 1º período os Carolina Panthers e o seu ataque liderado pelo quarterback Cam Newton colocaram os primeiros pontos no marcador a seu favor e logo com uma jogada para touchdown que causou bastante polémica. Numa entrega de Cam Newton para a corrida do running back DeAngelo Williams um dos árbitros apitou inadvertidamente quando DeAngelo corria junto à linha lateral o que fez com que os jogadores dos Redskins desistissem da jogada, no entanto DeAngelo Williams foi até à end zone sem nunca ter saído do terreno de jogo perfazendo 30 jardas em corrida.

Panthers vs Redskins 2

Os jogadores dos Redskin desistem da jogada após um dos árbitros ter apitado inadvertidamente

Os árbitros após revisão resolveram manter a decisão de atribuir o touchdown à equipa dos Carolina Panthers, no entanto a NFL já veio afirmar que foi uma decisão incorrecta, visto que as regras dizem que ao existir um apito a jogada é considerada terminada nesse momento, neste caso caberia à equipa de Carolina escolher entre repetir o down ou continuar a partir de onde a jogada tinha sido dada como terminada pelo apito. Resta apenas salientar que isto aconteceu com os árbitros oficiais… Nem imagino o drama que seria se tivesse sido com os substitutos! O 1º período terminava pouco depois com o resultado de 7 – 3 favorável aos Carolina Panthers.

2º Período

O jogo manteve-se equilibrado e neste segundo período o ataque dos Redskins efectuou um dos drives mais arrojados de todo o jogo, o quarterback RG III viu-se no 4º down e a 3 jardas de conseguir um novo set de downs quando se encontrava nas 40 jardas do terreno adversário e resolveu arriscar, ele e o seu ataque foram bem-sucedidos.

Umas jogadas mais à frente e voltavam a estar na mesma situação, desta vez nas 11 jardas do adversário e apenas a 1 jarda de um novo conjunto de downs e mais uma vez voltaram a ser bem-sucedidos.

Isto tudo já na red zone onde acabariam por se penalizar a eles próprios com diversas faltas que cometeram, resultando mais uma vez numa situação de 4º down, desta vez estavam apenas a duas jardas de conseguir o touchdown e passar para a frente do marcador, no entanto o quarterback RG III arriscou numa corrida própria sem sucesso sendo parado pela defesa dos Carolina Panthers o que fez com que estes recuperassem a bola.

RGIII parado no 4º down pela defesa dos Panthers

RGIII parado no 4º down pela defesa dos Panthers

E foi a partir das suas 2 jardas que o ataque dos Carolina Panthers desenhou aquele que foi talvez o melhor drive do jogo. Beneficiando ainda de diversas faltas cometidas pela defesa dos Redskins (são a equipa da liga que mais jardas perde por cometer faltas) o quarterback Cam Newton levou o seu ataque ao longo do terreno de jogo aliando algumas corridas com bons passes, culminando num belo passe de 19 jardas para o wide receiver Steve Smith fazer o seu 1º touchdown da época e segundo da equipa no jogo.

O 2º período terminava pouco depois com o marcador 14 – 3 favorável à equipa visitante.

3º Período

A iniciar a segunda parte destaque para um chalenge pedido pelo treinador Ron Rivera dos Carolina Panthers, a pedir para rever um passe considerado válido por parte do ataque dos Washington Redskins que, como Ron Rivera pretendia, acabou por ser revertido e considerado incompleto após ser revisto pelos árbitros.
As equipas durante o 3º período equilibraram-se, e foram as defesas quem se opuseram aos ataques, até mesmo a defesa dos Washington Redskins apesar de todas as suas faltas conseguiu manter o ataque dos Carolina Panthers em branco durante o 3º período.

Defesa dos Panthers sack RGIII

Defesa dos Panthers sack RGIII

Os únicos pontos foram conseguidos pelo ataque dos Washington Redskins num drive onde o quarterback RGIII se viu obrigado a correr por diversas vezes para ganhar as jardas necessárias e avançar no terreno de jogo, no entanto não foi o suficiente para o touchdown, tendo os Redskin de se contentar com mais um field goal de 25 jardas concretizado pelo kicker Kai Forbath.

Era no entanto o suficiente para os Redskins manterem o jogo em aberto quando ainda faltavam 6:30 para terminar o período. No entanto, até final do 3º período não mais as equipas iriam alterar o marcador, o resultado era de 14 – 6 favorável aos Carolina Panthers.

4º Período

A começar o último período a defesa dos Panthers elevava o seu jogo e conseguia um sack pelo seu defensive end Charles Johnson no cada vez mais pressionado quarterback RGIII, o que pouco depois obrigaria a chutar a bola ao ataque dos Redskins.

A bola passava para as mãos do quarterback dos Carolina Cam Newton e este não se fez de rogado, nas suas 9 jardas e na 1º tentativa Cam Newton faz um passe de 14 jardas para o wide receiver Armanti Edwards que correu até ser parado nas 9 jardas dos Redskins conseguindo um acumulado de 82 jardas na jogada, colocando assim a sua equipa bem posicionada para mais um touchdown. Três jogadas depois foi o próprio Cam Newton quem fez o touchdown numa corrida de 1 jarda, após beneficiar de mais algumas faltas cometidas pela defesa dos Redskins.

Cam Newton celebra o seu touchdown

Cam Newton celebra o seu touchdown

Com pouco mais de 12 minutos para jogar os Washington Redskins viam-se apenas com dois field goals na sua contabilidade e uma montanha enorme para escalar, no entanto nos drives seguintes foi a defesa dos Panthers quem levou a melhor tendo feito dois sacks a RGIII um em cada, o primeiro foi pelo defensive end Greg Hardy e o segundo foi numa placagem conjunta dos defensive end Greg Hardy e Charles Johnson.

Pelo meio dos drives dos Redskins, o ataque dos Panthers já jogava mais interessado em deixar correr o tempo do que empilhar pontos o que acabou por fazer com que os Redskins eventualmente conseguissem chegar ao touchdown.

Quando faltavam apenas 1:34s o quarterback Robert Griffin III conseguiu levar o seu ataque até à end zone, por três vezes no mesmo drive, acontece que das duas primeiras vezes que lá entrou, viu sempre as jogadas anuladas por faltas ofensivas, quando finalmente numa jogada em corrida de 2 jardas pelo running back Evan Royster, conseguiram concretizar o touchdown já tinham gasto 30 segundos adicionais.

Com pouco tempo no relógio os Redskins ainda tentaram um onside kick, mas sem resultado o que fez com que o jogo terminasse com a vitória dos Carolina Panthers e poucos motivos para festejar para os Washington Redskins.

No final foi bonito de se ver o fair-play entre os dois quarterbacks, eles que serão o futuro da liga, e consta que até trocaram os números de telemóvel para se manterem em contacto.

Cam Newton e RGIII trocam algumas palavras no final do jogo

Cam Newton e RGIII trocam algumas palavras no final do jogo

As Nossas Escolhas

MVP: Cam Newton apesar de não ter sido um jogo brilhante por parte do quarterback, foi notória a maior maturidade em relação a RGIII e ainda o sangue frio nos momentos mais cruciais da partida.

Positivo: A reacção de toda a equipa de Carolina que até este jogo apenas contavam com uma vitória, e num ambiente adverso mostraram que até têm valor, talvez precisem ser espicaçados mais vezes para jogarem melhor.

Negativo: O treinador dos Washington Redskins Mike Shanahan e o seu staff que continuam a não conseguir manter um registo de vitórias consistente. Para além disso o play calling tanto no ataque como na defesa foi muitas das vezes incompreensível neste jogo.

About The Author

José Guia

Nascido da bela colheita de 1983 e criado no Algarve desde cedo comecei a praticar o futebol Europeu, joguei 13 anos federado no Silves Futebol Clube e sempre fui adepto da prática de desporto. Sou fã de várias modalidades para além do "soccer", mas foi em 2007 num belo ano que vivi em Lisboa, que comecei a conhecer o Futebol Americano, em conjunto com o meu grande amigo João Mestre tivemos a enorme felicidade de acompanhar a quase perfect season dos New England Patriots, infelizmente não desfrutamos da vitória no Superbowl mas começamos isso sim a desfrutar, apreciar e adorar este grande desporto que é o Futebol Americano. Como não poderia deixar de ser sou fã dos Patriots, não só por essa época em particular mas também por já gostar dos Boston Celtis (Basket) e da cidade de Boston em si. Hoje em dia costumo dizer aos meus amigos que sou Leão de coração e Patriota (Patriots) de alma.