Quem recebeu o Franchise Tag para 2015?

Hugo Teles 3 de Março de 2015 Jogadores, NFL Comments
Dez Bryant

Quem recebeu o Franchise Tag para 2015?

Ontem, foi um dia importante no mundo da NFL, as equipas tinham até ao final da tarde para escolheram os jogadores a receberem uma Franchise Tag para a próxima época. Era de esperar que alguns Top Free Agents, recebam esta Tag, pois são muito importantes nas suas equipas e acabaram fazendo uma época a todos os níveis fantástica.

Dez Bryant, Dallas Cowboys

Dez, recebeu a Franchise Tag de Wide Receiver, que nesta altura se cifra em quase 13 milhões de Dólares anuais. A partir deste momento Dez Bryant, já sabe que o futuro na próxima época vai ser com os Cowboys, tendo agora até 15 de Julho, data limite para acertar se os Cowboys e o jogador vão chegar acordo para um contracto de longa duração. Caso não cheguem acordo fica em definitivo a Franchise Tag em vigor.

Demaryius Thomas, Denver Broncos

Tal como Dez Bryant, Demaryus Thomas também recebeu a Franchise Tag de Wide Receiver, mas no caso de Thomas ele recebeu uma non-exclusive tag, o que pode ouvir propostas de outras equipas, sendo certo que os Broncos ficam com o poder de igualar a melhor proposta que o jogador recebeu. Caso os Broncos não aceitam igualar a proposta ficam automaticamente com 2 draft picks de primeira ronda como compensação.

Justin Houston, Kansas City Chiefs

O jogador esta época mais esperado que ficasse com o rótulo de Franchise Tag. O líder em Sacks na liga e com uma época extraordinária a nível defensivo seria uma deveras surpresa se os Chiefs não optassem por esta solução. Justin Houston recebeu Franchise Tag de  Linebacker que por esta altura são quase 13.2 milhões de Dólares sendo, tal como Thomas, uma non-exclusive tag.

Jason Pierre-Paul, New York Giants

O fantástico jogador dos Giants recebeu a Franchise Tag de Defensive End, que são quase 15 milhões de Dólares. Neste caso os Giants vão tentar os possíveis e impossíveis para chegar acordo com o Jason Pierre-Paul, para um contrato de longa duração. Caso o acordo de longa duração não seja possível os Giants vão ter problemas no seu Cap Space, a não ser que usem várias engenharias financeiras para libertarem espaço.

Stephen Gostkowski, New England Patriots

Os Patriots não deixaram fugir o seu Kicker de Excelência, e resolveram dar a Gostkowski a Franchise Tag de Kicker/Punter que são cerca de 4 milhões anuais. Desde que chegou a equipa em 2006 o Kicker teve sempre alto rendimento, tendo níveis de acerto de quase 95%. São dos mais altos da liga e sem surpresa os Pats designaram o Kicker com a Tag. Tal como noutros casos, vão ambas as partes tentar um acordo de longa duração.

Jogadores Relevantes que não Receberam a Franchise Tag e agora vão ser Oficialmente Free Agents

Ndamukong Suh

Os Detroit Lions optaram com normalidade por esta opção devido a exorbitância que tinha de pagar ao jogador, que seriam cerca de 27 milhões de Dólares numero proibitivo para os Lions e por isso vão deixa-lo escapar para a Free Agency. É um jogador de enorme valia na defesa dos Lions.

Julius Thomas e Demarco Murray

Tanto os Broncos, como os Cowboys ao optarem por darem a franchise tag a Demaryus Thomas e Dez Bryant, deixam automaticamente entrar na Free Agency dois jogadores de Top que vão fazer as delicias da comunidade jornalística que acompanha a NFL, tentado encontrar os locais onde este jogadores vão encontrar o seu futuro.

Randall Cobb

Os Green Bay Packers como habitualmente fazem, não dão a franchise tag aos jogadores, tentam sim chegar a um acordo que seja benéfico para ambas as partes. Tendo em vista o que aconteceu com Jordy Nelson, os Packers deverão por oferecer a Cobb um contrato em tudo semelhante ao de Nelson.

About The Author

Hugo Teles

Portuense, 33 anos, sempre gostei bastante dos desportos dos States, nos anos 90 com a NBA e agora mais recente acompanho NHL, MLB e continuo a acompanhar a NBA, mas o desporto mais entusiasmante sem duvida é o futebol Americano, não só NFL mas também o College e algo que nos proporciona espectáculos, fim-de-semana a fim-de-semana fantásticos: É um desporto que nos prega colados a Tv, Computador, Tablet ou qualquer equipamento que no qual estejamos a ver. Desligamos de tudo o resto, naquelas horas tudo o resto é superficial. É fascinante desde o primeiro minuto até ao último e de uma intensidade brutal sempre ou quase sempre dentro dos limites. Sou fã dos Packers, pela tradição que esta equipa tem, por não ser uma equipa das "Grandes Superfícies" e viver praticamente para a sua população em geral, não com o conceito lucrativo que este desporto envolve. E já agora é uma honra poder trabalhar e colaborar convosco sobre este desporto fantástico e Hollyoodesco.