As Estrelas do Super Bowl XLIX

Guilherme Cohen 27 de Janeiro de 2015 Análises, NFL Comments
Super Bowl XLIX

As Estrelas do Super Bowl XLIX

De volta ao jogo mais importante do ano desde Fevereiro de 2012, os New England Patriots buscam o título que não vem desde 2004, já os Seattle Seahawks buscam o primeiro bicampeonato desde o New England de 2003/2004. Você conhecerá as estrelas e quem pode surpreender em Glendale, no Arizona:

New England Patriots

New England Patriots

Ataque

Tom Brady

Tom Brady

Antes de ser marido de Gisele Bündchen, Tom Brady é um futuro Hall da Fama e definirá no Super Bowl se vai se juntar a Terry Bradshaw (Steelers) e Joe Montana (49ers) com quatro títulos ou empata com Fran Tarkenton (Vikings) e John Elway com três derrotas.

Brady cresceu muito durante a temporada, e quando já lhe apontavam como um velho sem condições de vencer, seu futebol apareceu em grande nível e assim levou a conferência. Se há chances de vencer, elas passam pela mão do camisa 12.

Julian Edelman

Se de tempos em tempos os Patriots foram perdendo grandes recebedores como Wes Welker e Randy Moss, o baixinho Edelman foi um grande atleta trabalhado com o tempo pelo gênio e polêmico Bill Belichick.

Rápido e com ótimas mãos, Edelman pode levar desvantagem em disputas de bola no alto, mas sempre consegue uma separação da marcação por ser muito mais veloz que seus adversários. Sua rotas curtas para o meio desequilibram.

Rob Gronkowski

A personificação da superação é o TE ‘Big Gronk’. No ano de sua redenção ele vai ao Super Bowl e jogando o fino da bola. Há alguns bons recebedores no time, mas a bola de segurança é o grandalhão. Quem sabe o atleta possa ser o primeiro MVP da história do Super Bowl.

Quem Pode Surpreender

Brandon LaFell (WR)

Quem vê Edelman e Gronkowski recebendo muitas bolas por jogo, começa a pensar que é necessário um desafogo, um alívio para quando os alvos estiverem ‘fechados’. O ex-WR dos Panthers não é um dos melhores da Liga, mas, certamente, tem qualidade para receber bolas decisivas. Olho nesse recebedor.

Defesa

Darrelle Revis

Após deixar os Bucs, a Revis Island se estabeleceu no Gillett Stadium. O camisa 24 foi selecionado para o Pro Bowl, mas disputará a partida mais intensa do ano com o peso de marcar os recebedores sem peso no nome como já desafiou outros na carreira. Fechar os alvos e forçar Wilson a sair do pocket é uma grande arma. Ele será crucial na hora que o jogo precisar ser definido.

Vince Wilfork

Wilfork é um dos melhores em sua posição. Fixado no meio da Linha Ofensiva em algumas situações, o DT precisará pelo menos fechar os espaços de Marshawn Lynch e, se possível, atrasá-lo em corridas.

Devin McCourty

Já considerado um dos melhores safeties da NFL, esse jogador terá uma função importante: evitar os passes longos de Seattle. Esse tipo de jogada castigou Carolina e Green Bay. A segurança está nas mãos do quinto anista.

Quem Pode Surpreender

Jamie Collins (LB)

Seattle usa e abusa de passes para Tight Ends, geralmente essa marcação é feita por um LB, e como os Patriots usam, geralmente, dois, no máximo três, uma interceptação pode sair de uma situação dessas.

Seattle Seahawks

Seattle Seahawks

Ataque

Russell Wilson

Russell Wilson

Jovem, talentoso e com um novo jeito de ser Quarterback: móvel. O baixinho que foi selecionado em uma rodada abaixo do seu potencial e seria reserva de Matt Flynn em 2012 trouxe uma nova vida para Seattle. Um ataque explosivo e que castiga. Russell Wilson tem tudo pra ser MVP, pois é eclético na forma de atacar e decisivo na hora que precisa ser.

Marshawn Lynch

Um dos melhores da história, um ídolo e um craque. Lynch facilmente faz jogos de 25 corridas e mais de 100 jardas sem parecer exaustivo para um carregador de bolas. O camisa 24 é o desafogo, a segurança e a solução. Talvez ninguém em Seattle seja tão físico quanto ‘Shawn. Se passar de dois dígitos de jardas e fizer um grande jogo, o prêmio de MVP e o anel de Super Bowl vai para ele.

Quem Pode Surpreender

Ricardo Lockette  (WR)

Lockette está longe de ser um atleta que seja decisivo. É um bom atleta para a composição de elenco e times especiais, mas heróis improváveis aparecem até de forma sobrenatural. Com Kearse e Baldwin sob os holofotes, o camisa 83 pode dar alegrias ao 12º homem no University of Phoenix Stadium.

Defesa

Michael Bennett & Cliff Avril

Quando faço referência à dupla, os vejo como um no quesito ‘pressão ao passador’. Provavelmente a melhor dupla de DEs da NFL. Os dois são muito bons e com um poder de pressão descomunal. Se o passe não sair rápido, os Tackles vão precisar trabalhar firme a noite inteira.

Bobby Wagner

No meu ponto de vista é um dos ILBs que mais se aproxima da qualidade de Ray Lewis. Assim como grande parte do time, Wagner é jovem e se faz presente em todas as jogadas. Rápido e forte, o atleta pode causar turnovers contra os Pats. Olho nessa fera.

Legion of Boom

Richard Sherman, Byron Maxwell, Earl Thomas III e Kam Chancellor. Certamente é a melhor secundária, além de três dos melhores em suas posições. Seu poder de intimidação é descomunal e espera-se que façam a diferença. Só craque.

Quem Pode Surpreender

Bruce Irvin (LB)

Em uma defesa com tantos craques fica difícil de dar o devido valor a todos eles. Bruce Irvin tem seu potencial subestimado, mas é muito bom, até muito rápido para um Linebacker. Sua entrega ao time fará diferença.

About The Author

Guilherme Cohen

Brasileiro, estudante de jornalismo, (ex) árbitro de futebol americano, 18 anos. Comecei a assistir o esporte aos 12 anos e me apaixonei por tudo que envolve o jogo. Hoje esse esporte corre em minhas veias. Pretendo em alguns anos levar algum projeto de programa para a TV no Brasil. Sou Packers, mas não sou clubista. Amo como Ray Lewis movia os Ravens e o acho mais do que um grande jogador.