Wide Receivers: Os Novos e os Velhos Heróis

Filipe Paiva Cardoso 17 de Dezembro de 2013 Análises, NFL Comments
Wide Receivers

Wide Receivers: Os Novos e os Velhos Heróis

À imagem do que encontrámos na prestação deste ano dos Tight Ends, também os 15 wide receivers com melhor pontuação este ano estão a fazer questão de dizimar com as perspectivas que foram feitas para os seus objectivos ao longo da actual regular season. Calvin Johnson, aka Megatron, é o que acumula mais TD e Josh Gordon mais yds, mas a surpresa chega-nos de Alshon Jeffery, que saltou este ano para a ribalta.

No caso de Megatron, que no início da época apresentava o nível de exigência mais alto entre todos os WR, segundo as previsões dos experts da NFL, nem o alto patamar que lhe foi colocado o deixa longe de cumprir e superar esses objectivos: esperavam-se 1594 yds e 8 TD para o Lion em 16 jogos. Mas ainda com três jogos pela frente, Johnson já conta com 12 TD e 1348 yds, conseguindo assim até ao momento 111% do que se esperava dele, quando estão decorridos 81% dos jogos. Em 2011, Megatron chegou aos 16 TD na regular season e em 2012 às 1964 yds, sendo estes os seus records pessoais.

Wide Receivers

Os resultados dos Wide Receivers

O Caso dos Bears

Alshon Jeffery está a aproveitar a corrente season para confirmar a razão porque os Bears o foram buscar no draft de 2012: encontrar uma solução de longo-prazo para substituir Brandon Marshall, “The Beast”, já na sua sétima época de NFL.

As expectativas dos analistas da NFL para ambos os Wide Receiver dos Chicago Bears viam 2013 ainda como uma época de transição lenta entre ambos os jogadores, com o veterano a superar os números do seu futuro sucessor, mas a realidade está a mostrar uma transição talvez mais rápida que o esperado. Jeffery conta já com mais yds que Marshall (1093 vs 1090), com este último a liderar em TD. Marshall já acumulou 9 contra os 6 de Jeffery.

Como as expectivas para Marshall eram todavia mais elevadas do que para Jeffery, este último acaba por liderar a nossa tabela de cumprimento de objectivos entre os WR, graças aos 180% de objectivos assegurados. Esperavam-se apenas 647 yds e 4 TD para este jogador dos Bears. Já Brandon Marshall está a fazer uma regular season em linha com as expectativas, com 85,7% dos objectivos assegurados em 81,3% dos jogos, ainda que à falta de três jogos já tenha chegado aos 9 TD esperados para toda a época. O record de Brandon Marshall está nos 11 TD conseguidos pelos Bears em 2012

Gordon, Jackson e Green

O segundo WR com uma mais alta taxa de cumprimento de objectivos este ano tem sido Josh Gordon, jogador dos Browns e também do draft de 2012, que já quase duplicou o total de yds que se esperavam dele (1400 contra as 861 yds estimadas para os 16 jogos) e que já conseguiu mais 2 TD que os 6 antecipados pelos experts. Gordon vai assim com 154% das previsões concretizadas.

Já na parte inferior da tabela, entre os 15 WR com mais pontos na fantasy, encontramos Vincent Jackson e A. J. Green, sendo que o primeiro é mesmo o único que está aquém do esperado. Em 81,3% dos jogos ainda só assegurou 80,2% do que se espera dele em 2013, devendo conseguir mais 200 yds e 2 TD até ao final da época regular para fechar o ano em linha com os objectivos.

Quanto a Green, com 84,3% dos objectivos já atingidos, beneficia sobretudo das yds que já ajudou os Bengals a ganhar, capítulo onde já chegou às 1175, devendo nos próximos jogos assegurar também mais 2 TD, já que, não o fazendo, pode ficar aquém do esperado em 2013.

Até Week 14 Yards* TD
1- Calvin Johnson 1348 12
2- Josh Gordon 1466 8
3- Demaryius Thomas 1149 11
4- Alshon Jeffery 1301 6
5- Brandon Marshall 1090 9
6- Antonio Brown 1258 7
7- A.J. Green 1175 8
8- Andre Johnson 1277 5
9- DeSean Jackson 1070 8
10- Eric Decker 1088 8
11- Dez Bryant III 909 10
12- Jordy Nelson 1046 7
13- Vincent Jackson 1033 6
14- Larry Fitzgerald 782 10
15- Wes Welker 778 10

* recebidas, corridas ou passe

About The Author

Filipe Paiva Cardoso

O meu interesse pela NFL foi crescendo gradualmente ao longo dos últimos 15 anos. Não sei identificar o momento específico em que percebi que iria começar a seguir o desporto como um verdadeiro fã. Primeiro foram os Super Bowl que esporadicamente eram transmitidas em Portugal, depois começaram a ser transmitidos alguns jogos da regular season, entretanto surgiu a ESPN e daí dei o salto para o Game Pass e agora não vivo sem o Football. Nasci no maravilhoso ano de 1978 e nunca tive a sorte de acompanhar um jogo da NFL ao vivo, sendo aliás esse um dos meus objectivos para os próximos 2/3 anos - numa ida a Londres ou aos States mesmo, no cenário ideal. Confesso-me adepto dos Indianapolis Colts, pela simples razão de terem sido a equipa que me "draftou" da primeira vez que joguei Madden, e fã do Peyton Manning, ainda que tenha mudado de cores. Por fim, acho que daria um bom WR ou um daqueles RB que vão variando corridas com passes recebidos. Ou então não.