Seattle Seahawks

Pedro Nuno Silva 10 de Setembro de 2012 Equipas NFL Comentários Desligados
Seattle Seahawks

História Seattle Seahawks

Os Seattle Seahawks foram fundados em 1976, no processo de expansão da NFL ocorrido naquele ano. São a única equipa da NFL a ter mudado duas vezes de divisão depois da fusão da NFL com a AFL. Foram inicialmente integrados na NFC Oeste, mas trocaram o seu lugar com os Tampa Bay Buccanneers, em 1977, passando para a AFC Oeste. Em 2002 voltam à NFC Oeste no âmbito do processo de reorganização da NFL, com a instituição das 8 divisões , com 4 equipas, determinada com a entrada dos Houston Texans na Liga. As grandes estrelas da equipa ao longo da sua história? Os adeptos dos Seahawks, considerados os mais barulhentos de toda a NFL, fazendo a vida bem difícil a todas as equipa que visitam o longíquo CenturyLink Field em Seattle. E como prova desse amor à equipa, os Seahawks retiraram o nº 12 dos equipamentos em homenagem ao seu 12º jogador: os seus ferverosos adeptos!

Fundação

1976 (Seattle, Washingotn)

Uniformes

 

Sede

Virginia Mason Athletic Center, Renton, Washington

Nomes

Seattle Seahawks (desde 1976)

Alcunhas

Não têm

Proprietários

Paul Allen (desde 1997)

Estádio

CenturyLink Field (desde 2002)

Site

http://www.seahawks.com/

Roster

http://www.seahawks.com/team/roster.html

Conferência/Divisão

NFC Oeste

Palmarés

League Championships (0)
Super Bowl Championships (1)
2014 (XLVIII),
Conference Championships (3)
NFC: 2005, 2013, 2014
Division Championships (9)
AFC West: 1988, 1999
NFC West: 2004, 2005, 2006, 2007, 2010, 2013, 2014

Números Retirados

12- Os Adeptos dos Seattle Seahawks, em 1984
71- Walter Jones (Left Tackle), 1997-2009
80- Steve Largent (WR), 1976-1989

About The Author

Pedro Nuno Silva

Português. Duriense de nascimento. Tripeiro de coração. Minhoto por adopção. Numa palavra: nortenho. Ou seja, tinha tudo para ser um ignorante sobre futebol americano. Mas a 2 de Fevereiro de 2009 tudo mudou graças a cerca de 2 minutos de um jogo que era até aí um mistério insondável! Os culpados? Todos os jogadores dos Steelers e dos Cardinals. Mas, em particular, Ben Roethlisberger e Santonio Holmes e aquele touchdown a 30 segundos do final do jogo num equilíbrio improvável e que desafiou as leis da física e se pode colocar ao lado de um qualquer volteio do mais virtuoso bailarino do Bolshoi. A paixão pelo jogo cresceu de tal forma que hoje olho à minha volta e acho estranha tanta algazarra por causa das vitórias do F.C.Porto, da nossa seleccção ou das birras do CR7. Definitivamente tornei-me num alien em pleno coração do Alto Minho!