A História do Super Bowl

Pedro Nuno Silva 28 de Agosto de 2012 NFL, Superbowl Comentários Desligados
Devin Thomas beija a Taça Vince Lombardi após a vitória de 21-17 sobre os New England Patriots no Super Bowl XLVI

A Verdadeira Tradição Americana

O Super Bowl é o jogo correspondente à final da NFL – National Football League, sendo aí determinado o campeão do principal campeonato de futebol americano profissional dos Estados Unidos e do mundo e é, como tal, o ponto mais alto da temporada, que se inicia no final do verão do ano civil anterior.

O jogo foi criado como parte do acordo de fusão celebrado em 1966 entre a NFL e sua então liga rival, a American Football League (AFL) e que determinou a fusão, a partir de 1970, das 2 ligas naquela que é hoje a NFL. Nos termos desse acordo, foi decidido que as equipas campeãs das duas ligas jogariam uma final que determinaria o campeão.

As 3 primeiras edições da final, apesar de serem hoje designadas por Super Bowl I, II e III, tinham, na realidade, a designação de AFL-NFL World Championship Game, passando a designação a ser definitivamente Super Bowl com a implementação oficial da fusão entre a AFL e a NFL, em 1970.

Após a fusão, cada liga foi renomeada como “Conferência” (AFC Conference e NFC Conference) e o jogo passou a ser disputado entre os campeões de cada conferência.

O Super Bowl usa algarismos romanos para identificar cada uma das edições. Por exemplo, o Super Bowl I foi disputado em 15 de Janeiro de 1967, após a temporada regular de 1966.

Anel Super Bowl XLVI

Anel comemorativo da vitória dos New York Giants no Super Bowl XLVI
Fonte da Imagem: Adam Hunger/Reuters

Actualmente a NFC lidera a tabela de vitórias no Super Bowl com 26 vitórias, contra as 22 vitórias da AFC. Entre as equipas, os Pittsburgh Steelers são a equipa com mais vitórias no Superbowl (6). Os jogadores vencedores do Super Bowl têm a honra de poder usar o cobiçado anel que assinala a importante vitória.

O Dia do Super Jogo

O dia em que o Super Bowl é jogado é, para muitos, considerado um feriado nacional nos Estados Unidos, sendo chamado de “Super Bowl Sunday”. É o segundo dia de maior consumo de alimentos nos EUA, logo a seguir ao Dia de Ação de Graças. Além disso, o Super Bowl tem sido frequentemente o programa de televisão americano mais visto no ano. O Super Bowl XLV, jogado em 2011 entre os Green Bay Packers e os Pittsburgh Steelers, foi mesmo o programa da televisão norte-americana mais visto na história, com uma audiência média de 111 milhões de espectadores e assumindo o lugar do Super Bowl do ano anterior, o qual tinha, por sua vez, assumido o 1º lugar no ranking de audiências, destronando o último episódio de M * A * S * H, que ocupou essa posição durante 28 anos.

O Super Bowl também está entre os eventos desportivos mais vistos em todo o mundo, principalmente devido às audiências norte-americanas, e é o segundo evento desportivo mais visto anualmente em todo o mundo, logo a seguir à final da Liga dos Campeões da UEFA.

Por causa das suas elevadíssimas audiências, os minutos de publicidade exibidos durante a transmissão do Super Bowl são os mais caros do ano. Devido ao seu alto custo, as empresas desenvolvem também as mais caras e espectaculares propagandas especialmente para este evento. Como resultado, observar e discutir os comerciais da transmissão tornou-se um aspecto importante do evento.

O Half Time Show

Outra das tradições mais esperadas do Superbowl são os shows musicais que preenchem o intervalo do jogo. Rolling Stones, U2, Michael Jackson, Madonna, Black Eyed Peas, Bruce Springsteen e tantos outros, são alguns dos nomes que já abrilhantaram o Half Time Show!

O Vince Lombardi Trophy

O campeão do Super Bowl recebe o Vince Lombardi Trophy! A taça recebeu o nome do mítico treinador Vince Lombardi dos Green Bay Packers depois da sua morte em 1970, ele próprio vencedor dos dois primeiros Super Bowls com a equipa de Green Bay.

Vince Lombardy Trophy

A taça Vice Lombardy

O troféu foi criado em 1967 por Pete Rozelle, comissário da NFL e Oscar Riedner, vice-presidente da Tiffany & Co., o gigante americano da industria de joalheria. O desenho inicial surgiu num guardanapo, durante um jantar entre Rozelle e Riedner. O troféu é totalmente em prata, mede 56 cm e pesa 3,2 Kgs.

Todos os anos é feita uma nova versão da taça, uma vez que, ao contrário do que acontece noutros desportos, como, por exemplo, a Stanley Cup na NHL ou a Grey Cup atribuída na liga de futebol americano do Canadá (CFL), todos os campeões da NfL ficam com um original do troféu. Bem! Todos, todos, não! Os vencedores do Super Bowl V foram os Baltimore Colts mas, devido à polémica forma como a equipa foi deslocada para Indianapolis, pela calada da noite de 29 de Março de 1984, os adeptos e habitantes de Baltimore impediram que a taça saísse da cidade. Desta forma o museu dos Ravens ostenta orgulhosamente 3 troféus Vince Lombardi, embora apenas dois tenham sido ganhos pela nova equipa de Baltimore… o outro foi ganho pelos Colts de Baltimore!

Ranking dos Campeões

Vitórias Equipa Anos
6 Pittsburgh Steelers 1975, 1976, 1979, 1980, 2006, 2009
5 Dallas Cowboys 1972, 1978, 1993, 1994, 1996
5 San Francisco 49ers 1982, 1985, 1989, 1990, 1995
4 Green Bay Packers 1967, 1968, 1997, 2011
4 New York Giants 1987, 1991, 2008, 2012
3 New England Patriots 2002, 2004, 2005, 2014
3 Washington Redskins 1983, 1988, 1992
3 Oakland Raiders 1977, 1981, 1984*
3 Denver Broncos 1998, 1999, 2015
2 Indianapolis Colts 1971**, 2007
2 Miami Dolphins 1974, 1973
2 Baltimore Ravens 2001, 2013
1 New Orleans Saints 2010
1 Tampa Bay Buccaneers 2003
1 St. Louis Rams 2000
1 Chicago Bears 1986
1 Kansas City Chiefs 1970
1 New York Jets 1969
1 Seattle Seahawks 2014

* Los Angeles Raiders

** Baltimore Colts

Listagem de Super Bowls

Super Bowl Data Vencedor Resultado Derrotado Estádio Cidade
I* 15 Jan 1967 Green Bay Packers 35–10 Kansas City Chiefs Los Angeles Memorial Coliseum Los Angeles
II 14 Jan 1968 Green Bay Packers 33–14 Oakland Raiders Orange Bowl Miami
III 12 Jan 1969 New York Jets 16–7  Baltimore Colts Orange Bowl Miami
IV 11 Jan 1970 Kansas City Chiefs 23–7 Minnesota Vikings Tulane Stadium New Orleans
V 17 Jan 1971 Baltimore Colts 16–13 Dallas Cowboys Orange Bowl Miami
VI 16 Jan 1972 Dallas Cowboys 24–3  Miami Dolphins Tulane Stadium New Orleans
VII 14 Jan 1973 Miami Dolphins 14–7  Washington Redskins Los Angeles Memorial Coliseum Los Angeles
VIII 13 Jan 1974 Miami Dolphins 24–7  Minnesota Vikings Rice Stadium Houston
IX 12 Jan 1975 Pittsburgh Steelers 16–6  Minnesota Vikings Tulane Stadium New Orleans
X 18 Jan 1976 Pittsburgh Steelers 21–17 Dallas Cowboys Orange Bowl Miami
XI 09 Jan 1977 Oakland Raiders 32–14 Minnesota Vikings Rose Bowl Pasadena
XII 15 Jan 1978 Dallas Cowboys 27–10 Denver Broncos Louisiana Superdome New Orleans
XIII 21 Jan 1979 Pittsburgh Steelers 35–31 Dallas Cowboys Orange Bowl Miami
XIV 20 Jan 1980 Pittsburgh Steelers 31–19 Los Angeles Rams Rose Bowl Pasadena
XV 25 Jan 1981 Oakland Raiders 27–10 Philadelphia Eagles Louisiana Superdome New Orleans
XVI 24 Jan 1982 San Francisco 49ers 26–21 Cincinnati Bengals Pontiac Silverdome Pontiac
XVII 30 Jan 1983 Washington Redskins 27–17 Miami Dolphins Rose Bowl Pasadena
XVIII 22 Jan 1984 Los Angeles Raiders 38–9  Washington Redskins Tampa Stadium Tampa
XIX 20 Jan 1985 San Francisco 49ers 38–16 Miami Dolphins Stanford Stadium Stanford
XX 26 Jan 1986 Chicago Bears 46–10 New England Patriots Louisiana Superdome New Orleans
XXI 25 Jan 1987 New York Giants 39–20 Denver Broncos Rose Bowl Pasadena
XXII 31 Jan 1988 Washington Redskins 42–10 Denver Broncos Jack Murphy Stadium San Diego
XXIII 22 Jan 1989 San Francisco 49ers 20–16 Cincinnati Bengals Joe Robbie Stadium Miami
XXIV 28 Jan 1990 San Francisco 49ers 55–10 Denver Broncos Louisiana Superdome New Orleans
XXV 27 Jan 1991 New York Giants 20–19 Buffalo Bills Tampa Stadium Tampa
XXVI 26 Jan 1992 Washington Redskins 37–24 Buffalo Bills Metrodome Minneapolis
XXVII 31 Jan 1993 Dallas Cowboys 52–17 Buffalo Bills Rose Bowl Pasadena
XXVIII 30 Jan 1994 Dallas Cowboys 30–13 Buffalo Bills Georgia Dome Atlanta
XXIX 29 Jan 1995 San Francisco 49ers 49–26 San Diego Chargers Joe Robbie Stadium Miami
XXX 28 Jan 1996 Dallas Cowboys 27–17 Pittsburgh Steelers Sun Devil Stadium Tempe
XXXI 26 Jan 1997 Green Bay Packers 35–21 New England Patriots Louisiana Superdome New Orleans
XXXII 25 Jan 1998 Denver Broncos 31–24 Green Bay Packers Qualcomm Stadium San Diego
XXXIII 31 Jan 1999 Denver Broncos 34–19 Atlanta Falcons Pro Player Stadium Miami
XXXIV 30 Jan 2000 St. Louis Rams 23–16 Tennessee Titans Georgia Dome Atlanta
XXXV 28 Jan 2001 Baltimore Ravens 34–7  New York Giants Raymond James Stadium Tampa
XXXVI 03 Fev 2002 New England Patriots 20–17 St. Louis Rams Louisiana Superdome New Orleans
XXXVII 28 Jan 2003 Tampa Bay Buccaneers 48–21 Oakland Raiders Qualcomm Stadium San Diego
XXXVIII 01 Fev 2004 New England Patriots 32–29 Carolina Panthers Reliant Stadium Houston
XXXIX 06 Fev 2005 New England Patriots 24–21 Philadelphia Eagles ALLTEL Stadium Jacksonville
XL 05 Fev 2006 Pittsburgh Steelers 21–10 Seattle Seahawks Ford Field Detroit
XLI 04 Fev 2007 Indianapolis Colts 29–17 Chicago Bears Dolphin Stadium Miami
XLII 03 Fev 2008 New York Giants 17–14 New England Patriots University of Phoenix Stadium Glendale
XLIII 01 Fev 2009 Pittsburgh Steelers 27–23 Arizona Cardinals Raymond James Stadium Tampa
XLIV 07 Fev 2010 New Orleans Saints 31–17 Indianapolis Colts Sun Life Stadium Miami
XLV 06 Fev 2011 Green Bay Packers 31–25 Pittsburgh Steelers Cowboys Stadium Arlington
XLVI 05 Fev 2012 New York Giants 21-17 New England Patriots Lucas Oil Stadium Indianapolis
XLVII 03 Fev 2013 Baltimore Ravens 34-31 San Francisco 49ers Louisiana Superdome New Orleans
XLVIII 02 Fev 2013 Seattle Seahawks 43-8 Denver Broncos MetLife Stadium New Jersey

* Inicialmente conhecido como “First World Championship Game AFL vs NFL”

About The Author

Pedro Nuno Silva

Português. Duriense de nascimento. Tripeiro de coração. Minhoto por adopção. Numa palavra: nortenho. Ou seja, tinha tudo para ser um ignorante sobre futebol americano. Mas a 2 de Fevereiro de 2009 tudo mudou graças a cerca de 2 minutos de um jogo que era até aí um mistério insondável! Os culpados? Todos os jogadores dos Steelers e dos Cardinals. Mas, em particular, Ben Roethlisberger e Santonio Holmes e aquele touchdown a 30 segundos do final do jogo num equilíbrio improvável e que desafiou as leis da física e se pode colocar ao lado de um qualquer volteio do mais virtuoso bailarino do Bolshoi. A paixão pelo jogo cresceu de tal forma que hoje olho à minha volta e acho estranha tanta algazarra por causa das vitórias do F.C.Porto, da nossa seleccção ou das birras do CR7. Definitivamente tornei-me num alien em pleno coração do Alto Minho!