Kickoff: NFL 2017 Week 10

João Malha 12 de Novembro de 2017 NFL Comentários Desligados
Kickoff: NFL 2017 Week 10

Kickoff: NFL 2017 Week 10

Números e Curiosidades da Week 10

  • Tom Brady volta este domingo ao palco que lhe é menos favorável na NFL. 3v-7d (incluindo playoffs) para uma percentagem de vitória de .300, a pior do mítico QB dos campeões em título Patriots considerando um mínimo de 2 jogos nesse terreno. Números que condizem pouco com a sua estatística geral que excluindo Denver é de .790 (211v-56d)
  • Outro ponto de interesse desta Week 10 é o embate entre Redskins e Vikings. Kirk Cousins tem o 3º melhor passer rating (108.4, atrás apenas de Deshaun Watson e Carson Wentz) entre todos os QB's com 150 ou mais tentativas de passe desde a Week 3. Mas no mesmo período, a defesa do Vikings permitiu precisamente o terceiro pior registo de passer rating aos QB's adversários (73.0). Um desafio tremendo para Cousins!
  • A grande surpresa da NFL 2017 são, sem dúvida, os LA Rams. São a primeira equipa da história da NFL a passar de pior ataque da NFL num ano (14.0 pontos por jogo em 2016) para o melhor ataque no seguinte (32.9 pontos por jogo em 2017). A melhoria do seu ataque é de 18.9 pontos por jogo, o melhor registo de sempre de um ano para o ano na história da liga.
  • Quem tem motivo para estar confiante são os Steelers. Com 6v-2d em 2017, um registo igual (ou ainda melhor) valeu-lhes as seis vitórias em Super Bowls (74, 75, 78, 79, 2005 e 2008). Outra boa notícia é que desde 2014 a segunda metade da época dos Steelers é muito forte (19v-5d), o melhor registo neste período da NFL entre as 32 equipas.
  • Eli Manning irá começar este domingo o 208º jogo seguido como titular. Desde a Week 11 de 2004 que Manning começou todos os jogos dos Giants! Igualará o seu irmão Peyton e Derrick Brooks naquela que é a quinta maior série de começos a titular desde 1991.

O Jogo da Semana

New Orleans Saints @ Buffalo Bills

São duas das maiores surpresas da NFL 2017. Os Saints porque nos últimos três anos estiveram na mó de baixo, algo pouco usual desde 2006, quando a dupla Sean Payton-Drew Brees assumiu as rédeas da franquia de New Orleans. Neste momento levam seis vitórias seguidas, depois de duas derrotas a abrir que indiciavam o fim da era Payton-Bress e mais um ano para esquecer. Todas as equipas com idêntico registo de vitórias após duas derrotas iniciais foram campeãs da NFL…

Do outro lado uns Bills que procuram o regresso aos playoffs, depois de muitos anos de ausência, e que apresentam registo positivo (5v-3d) estando a lutar taco-a-taco com os campeões e inevitáveis favoritos da divisão, os New England Patriots. Curiosamente esta é a quinta vez desde 2000 que os Bills chegam a meio da época com registo acima dos .500. Nas quatro vezes anteriores, o registo combinado da segunda metade do ano é assustador: 10v-22d nunca conseguindo chegar à fase seguinte da NFL.

Outra das curiosidades desta partida prende-se com os pontos opostos dos dois QB's. Desde 2015, entre os 32 QB's com mais de 20 jogos a titular, Drew Brees lidera em jardas de passe por jogo (315.2) enquanto Tyrod Taylor está em último do ranking (208.1). Ao invés, Taylor lidera em jardas de corrida entre os QB's (36.6 por jogo), enquanto Brees é o pior a este nível (0.9 por jogo). Dois jogos completamente distintos. Quem levará a melhor?

 

Jogos a Não Perder

  • Pittsburgh Steelers@Indianapolis Colts
  • Minnesota Vikings@Washington Redskis
  • Dallas Cowboys@Atlanta Falcons
  • New England Patriots@Denver Broncos

About The Author

João Malha

Profissional da área de comunicação e marketing, e sempre ligado ao desporto, sempre me fascinou o conceito de showbiz dos norte-americanos no que toca à promoção de qualquer espectáculo desportivo. Quando em 2003, a SportTv transmitiu pela primeira vez o Super Bowl, com estrondosa vitória dos Buccaneers de John Gruden sobre os Raiders, a curiosidade cresceu e ano após anos comecei a seguir as transmissões do maior evento desportivo mundial. Mas como em tudo na vida (pelo menos na minha forma de estar), é preciso um motivo mais forte para nos agarrarmos às coisas. Uma paixão que nos alimenta. E foi isso que aconteceu em 2010, aquando da final de Miami, ganha pelos Saints frente aos Colts do lendário Peyton Manning. Nesse dia senti finalmente que aquela era a minha equipa! E o aparecimento da ESPN America ajudou a não mais largar este desporto espectacular, que sigo semanalmente. Na Week 1 da temporada 2012/2013, cumpri o sonho de ir ver um jogo dos Saints ao vivo, ao Mercedes-Benz Superdome. Não vi os Saints vencerem, mas quem sabe se não terei a oportunidade de dizer que assisti ao primeiro jogo na NFL de um dos maiores QB’s da sua história, Robert Griffin III. Ver os Saints ao vivo foi uma experiência única que me faz olhar para o desporto com outros olhos. Quero saber mais e mais sobre o jogo, a sua história, lendas, regras, tácticas, etc. Let’s play ball!!!!

barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online