Kickoff: NFL 2017 Week 11

João Malha 18 de Novembro de 2017 NFL Comentários Desligados
Kickoff: NFL 2017 Week 11

Kickoff: NFL 2017 Week 11

Números e Curiosidades da Week 11

  • Para além de ser um jogo de grande rivalidade da NFC East, o confronto entre Cowboys e Eagles tem como ingrediente extra o facto dos dois QB de segundo ano liderarem a NFL em TD (seja através de passe ou corrida dos próprios QB's). Wentz é o líder, com 23, seguido de Prescott com 21. Apenas quatro QB's no seu segundo ano lideraram este ranking em toda a história da NFL: Daunte Culpepper (2000), Kurt Warner (1999), Dan Marino (1984) e Steve Grogan (1976).
  • Russell Wilson é responsável por 82,1% das jardas a partir da linha de scrimmage dos Seahawks em 2017 (incluíndo jardas de passe), o máximo de algum jogador na história da Liga. Wilson soma 2833 jardas (2543 de passe e 290 de corrida) de um total de 3449 jardas dos Seahawks esta época.
  • Tom Brady possui a série ativa de mais passes sem interceções da NFL com 132 passes seguidos e é provável que aumente a série dado que os Raiders são a única equipa da história da NFL a não conseguir uma interceção nos primeiros nove jogos do ano.
  • Desde o início da época passada que Kirk Cousins soma 7391 jardas de passe sendo esse o segundo melhor registo da NFL. Apenas um jogador o supera… precisamente o seu adversário deste domingo, Drew Brees que soma 7606 jardas de passe. Juntos somam mais de 8,5 milhas de passe nesse período.
  • O duo de RB's mais impressionante da NFL mora em New Orleans. Mark Ingram está com uma média que a manter-se o conduzirá a 1536 jardas de corrida em 2017, enquanto Alvin Kamara poderá atingir as 1404 jardas de corrida. Se o fizerem serão o segundo duo de RB's da história da NFL a superar, cada um, as 1400 jardas de corrida numa época, juntando-se aos Browns de 1985: Earnest Byner (1462 jardas) e Kevin Mack (1401 jardas).

O Jogo da Semana

LA Rams @ Minnesota Vikings

Era uma semana difícil para escolher um só jogo pois há vários que poderão ser imperdíveis e o jogo da semana. O critério teve mesmo que ser o registo das equipas e com Rams e Vikings a liderarem a NFC West e North respetivamente, ambos com 7v-2d, não houve como fugir a este embate.

Poucos poderiam esperar que estas equipas liderassem as suas divisões e tivessem tão brilhantes prestações nesta primeira metade da NFL 2017, em especial os Rams, que passaram do pior ataque para o melhor ataque da NFL, de 2016 para 2017. Para tal muito contribuiu a prestação de Jared Goff. O QB de segundo ano está a mostrar porque foi uma das primeiras escolhas do draft de 2016, com 666 jardas de passe (considerado o número do demónio, irá amaldiçoar a campanha fantástica dos Rams daqui para a frente?) e sete passes para TD, sem qualquer turnover, nos últimos dois jogos, supera por exemplo Kurt Warner que nunca teve registo tão brilhante numa série de dois jogos seguidos ao longo de 12 anos de carreira!

Do outro lado, porém, terá uma das melhores defesas da NFL em 2017 pelo que maior teste de fogo para Goff será difícil. Outra curiosidade é o confronto do QB dos Vikings Case Keenum com a sua ex-equipa onde nunca foi mais do que um backup. Em Minnesota também era terceira opção atrás de Bridgewater e Bradford, mas Bradford lesionou-se e Bridgewater está a voltar após mais de um ano lesionado, e Keenum tem sabido aproveitar a oportunidade com excelentes prestações.

Jogos a Não Perder

  • Baltimore Ravens@Green Bay Packers
  • Washington Redskins@New Orleans Saints
  • Philadelphia Eagles@Dallas Cowboys
  • Atlanta Falcons@Seattle Seahawks
  • New England Patriots@Oakland Raiders

About The Author

João Malha

Profissional da área de comunicação e marketing, e sempre ligado ao desporto, sempre me fascinou o conceito de showbiz dos norte-americanos no que toca à promoção de qualquer espectáculo desportivo. Quando em 2003, a SportTv transmitiu pela primeira vez o Super Bowl, com estrondosa vitória dos Buccaneers de John Gruden sobre os Raiders, a curiosidade cresceu e ano após anos comecei a seguir as transmissões do maior evento desportivo mundial. Mas como em tudo na vida (pelo menos na minha forma de estar), é preciso um motivo mais forte para nos agarrarmos às coisas. Uma paixão que nos alimenta. E foi isso que aconteceu em 2010, aquando da final de Miami, ganha pelos Saints frente aos Colts do lendário Peyton Manning. Nesse dia senti finalmente que aquela era a minha equipa! E o aparecimento da ESPN America ajudou a não mais largar este desporto espectacular, que sigo semanalmente. Na Week 1 da temporada 2012/2013, cumpri o sonho de ir ver um jogo dos Saints ao vivo, ao Mercedes-Benz Superdome. Não vi os Saints vencerem, mas quem sabe se não terei a oportunidade de dizer que assisti ao primeiro jogo na NFL de um dos maiores QB’s da sua história, Robert Griffin III. Ver os Saints ao vivo foi uma experiência única que me faz olhar para o desporto com outros olhos. Quero saber mais e mais sobre o jogo, a sua história, lendas, regras, tácticas, etc. Let’s play ball!!!!

barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher barbour pas cher golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi golden goose saldi doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher doudoune moncler pas cher moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online moncler outlet online