E o Melhor QB de Sempre É… Critérios e Estatísticas

Hugo Taxa 20 de Agosto de 2014 Análises, NFL Comments
Best QB

Critérios e Estatísticas

“19 para 34; 255 jardas, 2TDs; 1 INT; 87,3 QBRating; 3 corridas para 4 jardas”.

Estes são os números de um QB num Superbowl em que saiu como vencedor, traduzindo e sumarizando o seu contributo para a equipa. Assim, a comparação das performances dos QBs terá que assentar nestes números. No entanto, e como vimos anteriormente, com o passar dos anos as épocas regulares e os playoffs têm-se tornado progressivamente mais longos. Assim sendo, comparar números absolutos agregados iria sempre dar uma vantagem injusta aos QBs mais recentes, que jogaram mais jogos, e beneficiando das regras destinadas a abrir o jogo de passe. Para obviar esta questão, irão ser utilizados sempre que possível rácios relacionados com estas estatísticas. Como exemplo, podemos ter:

  • 19 para 34, representa uma percentagem 55,9% de passes completos – sendo que, quanto mais alta a percentagem, melhor
  • 2 TDs em 34 passes, representa uma média de 0,0588 TDs por passe (5,88%) – sendo que, quanto mais alta a percentagem, melhor.
  • 1 INT em 34 passes, representa uma média de 0,0294 INTs por passe (2,94%) – sendo que, quanto mais baixa, melhor.
  • 255 jardas em 34 passes tentados, representa uma média de 7,5 jardas por passe – sendo que, quanto mais alta, melhor.
  • 87,3 QBRating – sendo que o QBRating é um rating composto que combina 5 estatísticas diferentes:
    • Passes completados
    • Passes tentados
    • Jardas
    • Touchdowns
    • Intercepções

, resultando num número (podem fazer os vossos cálculos aqui), com um valor que vai entre 0,0 e 158,3 , e que pretende indicar o sucesso e a qualidade de jogo de um QB, sendo que, quanto mais alto, melhor.

Compilando estas estatísticas ao longo da carreira dos diversos QBs, conseguiremos ter uma imagem agregada da sua performance.

As Estatísticas e os Critérios

Para além dos exemplos apontados acima, podemos ainda apurar um conjunto mais alargado de estatísticas simples e compostas, sendo que nem todas têm a mesma relevância. Assim, a lista de estatísticas abaixo indicada (e que servirá para o exercício de comparação) será dividida em três grupos, conforme a sua relevância, e colorida apropriadamente:

Vermelho: As estatísticas mais relevantes

Azul: As de relevância média

Verde: As menos relevantes

Cinzento: Outras estatísticas, meramente indicativas ou de suporte

As estatísticas a comparar serão, assim:

GS – Jogos como titular
W – Jogos ganhos como titular
L – Jogos perdidos como titular
T – Jogos empatados como titular
%W – Percentagem de jogos como titular ganhos (mais alto melhor)
Cmp – Passes completados
Att – Passes tentados
%Cmp – Percentagem de passes completados (mais alto melhor)
Pass Yds – Jardas de passe
Pass Yds/Cmp – Jardas de passe por passe completado (mais alto melhor)
Pass Yds/Att – Jardas de passe por passe tentado (mais alto melhor)
Pass Yds/GS – Jardas de passe por jogo começado como titular (mais alto melhor)
Pass TDs – Touchdowns em passe
%TD – Percentagem de Touchdowns por passe tentado (mais alto melhor)
INTs – Intercepções
%Int – Percentagem de Intercepções por passe tentado (mais baixo melhor)
TD/Int Rat – Rácio Touchdowns por Intercepção (mais alto melhor)
QB Rate – valor de QB Rating (mais alto melhor)
%Sk – % de sacks por tentativa de passe: número de sacks/(número de sacks+número de passes tentados) (mais baixo melhor)
4QC – Remontadas no último período: número de jogos em que o QB, com a sua equipa em desvantagem pontual no início do quarto período, lidera a sua equipa numa remontada; só são contabilizados jogos ganhos.
%4QC/GSW – Percentagem de remontadas no último período por jogo ganho como titular (mais alto melhor)
GWD – Número de jogos com Drives para vitória: número de jogos em que o QB lidera uma Drive de ataque no último período que resulta em pontos e que coloca a equipa definitivamente em vantagem no marcador
%GWD/GSW – Percentagem de número de drives para vitória por jogo ganho como titular (mais alto melhor)
Seasons – Temporadas jogadas
Pro Bowls – Número de vezes nomeado para o Pro Bowl ou jogo de All-Star
MVP – Número de Prémios como MVP da época regular
Rush – Número de tentativas de corrida
Rush Yds – Jardas em corrida
Rush TDs – Touchdowns em corrida
Yds/Rush – Número de jardas por corrida (mais alto melhor)
Rush Yds/GS – Número de jardas em corrida por jogo como titular (mais alto melhor)
Fmb – Fumbles
Fmb/GS – Fumbles por jogo como titular (mais baixo melhor)
TO – Turnovers
TO/GS – Turnovers por jogo como titular (mais baixo melhor)
T-SB GS – Jogos de Título/Superbowls como titular
T-SB/Seasons Played – Jogos de Título/Superbowl jogados por época jogada
T-SB GSW – Jogos de Título/Superbowls ganhos como titular
%T-SB GSW – Percentagem de jogos de Título/Superbowls ganhos como titular (mais alto melhor)
TDs/T-SB S – Touchdowns por jogo de título como titular (mais alto melhor)
T-SB MVP – Número de prémios de MVP de jogos de Título/Superbowls
%T-SB MVP – Percentagem de prémios de MVP de jogos de Título/Superbowls por jogo de Título/Superbowl como titular (mais alto melhor)

Este grupo de estatísticas cobre extensivamente os diversos aspectos de jogo de um QB, permitindo assim efectuar alguma comparação entre QBs.

No entanto, antes de se passar ao exercício de comparação, e caso tenham sugestões de estatísticas não contempladas e que possam trazer informação adicional, as vossas contribuições e feedback será sempre benvindo.

…Estão prontos para analisar os primeiros números?

Links

1º Artigo da série: E o Melhor QB de Sempre É…

2º Artigo da Série: O Painel de Quarterbacks

3º Artigo da Série: Critérios e Estatísticas

About The Author

Hugo Taxa

Em meados da década de 80, e após ver vários episódios do "Eight is enough" na televisão (onde o filho mais novo aparecia no genérico com um capacete dos 49ers) tornei-me fã dos 49ers. A partir de 1990 tive a sorte de ter um vizinho de origem americana que recebia a Sports Illustrated, e que me dava as revistas após acabar de ler as mesmas. Segui assim as temporadas de 90, 91 e 92 pelas revistas (com de cerca de 3 meses, entre o jogo acontecer e eu ler a crónica sobre o mesmo na revista) até ver o meu primeiro Super Bowl na SIC em 1993, em directo. Tinha um teste na terça-feira seguinte, mas a antecipação era tanta que não me consegui concentrar no estudo durante o fim--de-semana ... e chumbei - tive que ir a exame!

Em 1996 acedi ao meu primeiro site na internet - espn.com. O objectivo era apenas seguir a NFL; e com o aparecimento da DSF no alinhamento da TV Cabo finalmente comecei a ver a Regular Season na TV - com comentários em Alemão!
20 anos depois me ter estreado a ver Super Bowls, acho que me posso gabar de apenas ter perdido o de 2000, e de ter visto em directo alguns dos momentos emblemáticos da NFL: Dan Marino a obter o recorde de jardas; Barry Sanders e Terrell Davis a correrem para 2000 jardas; Emmitt Smith a quebrar o recorde de Walter Payton; John Elway a "fazer de helicóptero" para ganhar o seu primeiro Super Bowl; e o melhor jogador de sempre - Jerry Rice - a dinamitar defesas adversárias.
A NFL pauta-se pelo equilíbrio, o que se traduz em todas as equipas terem os seus momentos altos e baixos. No entanto, mesmo em épocas difíceis como 2003 ou 2004 a fé nunca esmorece - 49ers Faithful!